Historiando

Collection by Alessandra de Castilho Prudêncio

26 
Pins
 • 
28 
Followers
Alessandra de Castilho Prudêncio
Dandara, companheira de Zumbi dos Palmares, foi uma grande guerreira na luta pela liberdade do povo negro. Ainda no século XVII, participou das lutas palmarinas, conquistando um espaço de liderança. De forma intransigente, entendia que a liberdade era inegociável.Dandara morreu em 1694 na frente de batalha, para defender o Quilombo dos Macacos, mocambo pertencente ao Quilombo dos Palmares.  Mais em mestres da história blogspot

Conheça a história de alguns heróis e heroínas negras no Brasil

Conheça a história de alguns heróis e heroínas negras no Brasil O silêncio existente sobre a participação do negro na história do Brasil retrata um dos aspectos perversos do racismo na sociedade brasileira. No ensino de história é negado o protagonismo negro e aprendemos erroneamente que as grandes lideranças, os grandes feitos das personalidades do país, foram protagonizados somente pelos brancos. Como os negros estiveram em situação desigual em relação aos brancos, poucas histórias a seu…

Rosa Parks - Rosa Parks 1913-2005, recusou-se a ceder seu assento de ônibus para um homem branco que conduz indiretamente a alguma da legislação mais significativo da história dos direitos civis americano. Ela procurou minimizar o seu papel na luta pelos direitos civis, mas para ela campanha pacífica e digna ela se tornou uma das figuras mais respeitados nos movimentos de direitos civis.

Rosa Parks

Civil rights pioneer Rosa Parks was photographed by Alabama cops following her February 1956 arrest during the Montgomery bus boycotts.

Em setembro de 1979, no Palácio da Liberdade, sede do governo mineiro, a garota Rachel Clemens Coelho (5) se recusou a cumprimentar o então presidente João Baptista Figueiredo (1979-1985), que visitava a capital mineira para lançamento do carro a álcool. Virou símbolo da luta contra a ditadura militar (1964-1985)

Morre mulher cuja imagem virou símbolo da luta contra ditadura militar

Morreu no sábado (11), em Belo Horizonte, Rachel Clemens Coelho, 41, que virou símbolo da luta contra a ditadura militar (1964-1985) quando tinha apenas cinco anos.Em setembro de 1979, no Palácio da Liberdade, sede do governo mineiro,

Maria Bonita antes de entrar para o cangaço - Pesquisa Google

lampião e maria bonita

Maria Bonita antes de entrar para o cangaço - Pesquisa Google

Machado de Assis (Joaquim Maria Machado de Assis), jornalista, contista, cronista, romancista, poeta e teatrólogo, nasceu no Rio de Janeiro, RJ, em 21 de junho de 1839, e faleceu também no Rio de Janeiro, em 29 de setembro de 1908. É o fundador da Cadeira nº. 23 da Academia Brasileira de Letras. Velho amigo e admirador de José de Alencar, que morrera cerca de vinte anos antes da fundação da ABL, era natural que Machado escolhesse o nome do autor de O Guarani para seu patrono.

Templo Cultural Delfos

Autores, biografia, poemas (bilíngue), fortuna crítica, citações, obras, pinturas, entrevistas, literatura

Carolina Maria de Jesus  Escritora brasileira  Carolina Maria de Jesus tinha 43 anos quando foi descoberta pelo jornalista Audálio Dantas, em 1958, na favela do Canindé, Zona Norte de São Paulo.

Carolina Maria de Jesus - a voz dos que não têm a palavra

Carolina Maria de Jesus - a voz dos que não têm a palavra; biografia, cronologia, obra, documentários; adaptações; fortuna crítica (estudos acadêmicos: livros, teses, dissertações, monografias, artigos, ensaios e afins); bibliografia sobre Carolina de Jesus, citações, provérbios, aforismos, poemas, acervo, favela, fontes e referências de pesquisa

Lima Barreto em sua primeira internação, em 1914

O Lima Barreto que nos olha - por Beatriz Resende - revista serrote

O Lima Barreto que nos olha por BEATRIZ RESENDE O que … [+]

Lima Barreto fotografado em 1919, durante sua internação no Hospício Pedro II

O triste fim de Lima Barreto « Blog da L&PM Editores

Assassinada às 17 horas há 17 anos. A historiadora negra e ativista do movimento negro,Maria Beatriz Nascimento, recebeu ontem, 17 horas de 28 de janeiro, as homenagens póstumas no Instituto de Pes...

Assassinada há 17 anos: Movimento Negro homenageia a historiadora Maria Beatriz Nascimento

Assassinada às 17 horas há 17 anos. A historiadora negra e ativista do movimento negro,Maria Beatriz Nascimento, recebeu ontem, 17 horas de 28 de janeiro, as homenagens póstumas no Instituto de Pesquisas das Cultura Negras do Rio de Janeiro. (por Alex Ratts) Maria Beatriz Nascimento (1942-1995) é intelectual ativista negra contemporânea de Eduardo Oliveira e…

A escritora Carolina Maria  de Jesus

Nação conta a história da escritora Carolina de Jesus

A Cor dos Olhos da Minha Mãe: Escritora / Poeta / Educadora - Conceição Evaristo nasceu 1946 em Belo Horizonte. Emocionou o público na BEA (Brazilian Endowment for the Arts)

A Cor dos Olhos da Minha Mãe: Conceição Evaristo - Geledés

A Cor dos Olhos da Minha Mãe: Escritora / Poeta / Educadora - Conceição Evaristo nasceu 1946 em Belo Horizonte. Emocionou o público na BEA (Brazilian Endowment for the Arts)

Carolina Maria de Jesus e Ruth de Souza na Favela do Canindé. São Paulo, 1961 - foto: Acervo Ruth de Souza

Carolina Maria de Jesus - a voz dos que não têm a palavra

Carolina Maria de Jesus - a voz dos que não têm a palavra; biografia, cronologia, obra, documentários; adaptações; fortuna crítica (estudos acadêmicos: livros, teses, dissertações, monografias, artigos, ensaios e afins); bibliografia sobre Carolina de Jesus, citações, provérbios, aforismos, poemas, acervo, favela, fontes e referências de pesquisa

Jovem  Nelson Mandela – Wikipédia, a enciclopédia livre

Nelson Mandela – Wikipédia, a enciclopédia livre

Jovem Nelson Mandela – Wikipédia, a enciclopédia livre

LIMA BARRETO:               Filho de escravos em um Brasil que lutava para abolir oficialmente a escravidão, Afonso Henriques de Lima Barreto teve oportunidade de boa instrução escolar, vindo a tornar-se jornalista e um dos mais importantes escritores e militantes da causa do País. Ainda jovem, aprendeu a trabalhar com tipografia e, em 1902, começou a contribuir para a imprensa brasileira, escrevendo para pequenos veículos de comunicação. Em jornais de maior circulação, começou a escrever em…

LIMA BARRETO: Filho de escravos em um Brasil que lutava para abolir oficialmente a escravidão, Afonso Henriques de Lima Barreto teve oportunidade de boa instrução escolar, vindo a tornar-se jornalista e um dos mais importantes escritores e militantes da causa do País. Ainda jovem, aprendeu a trabalhar com tipografia e, em 1902, começou a contribuir para a imprensa brasileira, escrevendo para pequenos veículos de comunicação. Em jornais de maior circulação, começou a escrever em…

basquiat e madonna

Jean-Michel Basquiat

Jean-Michel Basquiat foi um dos mais importantes artistas plásticos de todos os tempos. E o primeiro artista plástico que realmente me chamou a atenção. Seus traços me encantaram logo na primeira v…