Responsável pela identidade visual de discos emblemáticos do movimento morreu nesta quinta-feira (14)

Responsável pela identidade visual de discos emblemáticos do movimento morreu nesta quinta-feira

24 de agosto de 1954 - Desfecho dramático A capa noticiou a morte de Getúlio Vargas, que se matou na década de 1950. "Suicidou-se o Sr. Getúlio Vargas. O chefe do governo desfechou um tiro no coração nos seus aposentos. Morreu de fisionomia serena, esboçando leve sorriso - Uma declaração escrita".

24 de agosto de 1954 - Desfecho dramático A capa noticiou a morte de Getúlio Vargas, que se matou na década de 1950. "Suicidou-se o Sr. Getúlio Vargas. O chefe do governo desfechou um tiro no coração nos seus aposentos. Morreu de fisionomia serena, esboçando leve sorriso - Uma declaração escrita".

Certidão de óbito de Getulio Vargas emitida em 2 de fevereiro de 1965.  (CPDOC/GV rem.s. 1899.02.01) Obs de JuRicardo - certidão emitida em 1965? Não entendi...bem o site é da FGV...

Certidão de óbito de Getulio Vargas emitida em 2 de fevereiro de (CPDOC/GV rem.s. Obs de JuRicardo - certidão emitida em Não entendi...bem o site é da FGV...

52 coisas que você não sabia sobre a ditadura militar brasileira

Decapitações, cartas de amor e o dinheiro ilegalmente desviado por um famoso político paulista financiando as ações da esquerda armada. Que história!

O Museu do Ingá apresenta a exposição "Ressonâncias - Rio de Janeiro,1964", que lembra os 50 anos do Golpe Militar, em cartaz de 2 de julho a 31 de agosto, com entrada gratuita.

Exposição os 50 do Golpe Militar está em cartaz no Museu de Ingá

O Museu do Ingá apresenta a exposição "Ressonâncias - Rio de que lembra os 50 anos do Golpe Militar, em cartaz de 2 de julho a 31 de agosto, com entrada gratuita.

DITADURA MILITAR NO BRASIL - As vítimas da ditadura em Goiás | GGN

Sugerido por IV Avatar da Bacia do Parnaíba Do Jornal Opção O que a Comissão da Verdade deverá esclarecer em Goiás Quinze militantes de esquerda morreram ou desapareceram no Estado durante a ditadura civil-militar

Rua Leonel Brizola, nº 35, Centro do Rio, 18h

Rua Leonel Brizola, nº 35, Centro do Rio, 18h

História Do Brasil, Direitos Humanos, Valente, Dores, Palavras, Estudo, Imagens, Centro, Cultura

Polêmico edital do jornal O Globo apoiando o golpe militar - 02/04/1964.

Editorial do jornal "O Globo" no dia seguinte ao Golpe Militar. - Adicionado por Bruno Leal em 27 setembro 2013 às

Em eleição, alunos, pais, professores e funcionários da escola decidiram substituir o nome do presidente militar pelo do guerrilheiro de esquerda.

Após votação, Colégio Presidente Médici pode ser renomeado para Escola Carlos Marighella

Em eleição, alunos, pais, professores e funcionários da escola decidiram substituir o nome do presidente militar pelo do guerrilheiro de esquerda.

Pinterest
Pesquisar