Bruna Campanenute

Bruna Campanenute

Bruna Campanenute
Mais ideias de Bruna
Na área do quintal, que só recebe o sol da manhã, a paisagista Claudia Muñoz posicionou  um pergolado para a recuperação e o cultivo de orquídeas. A estrutura de 4 x 0,70 m, executada pela Garcia Gamio, é composta por um pranchão de apoio e uma cobertura com sequência de ripas para pendurar vasos. Conteúdo de Casa e Jardim

Na área do quintal, que só recebe o sol da manhã, a paisagista Claudia Muñoz posicionou um pergolado para a recuperação e o cultivo de orquídeas. A estrutura de 4 x 0,70 m, executada pela Garcia Gamio, é composta por um pranchão de apoio e uma cobertura com sequência de ripas para pendurar vasos. Conteúdo de Casa e Jardim

Para acomodar o orquidário e o viveiro de plantas do morador, o paisagista Luciano Fiaschi projetou um pergolado de ipê rústico sustentado por duas vigas de pedra. Os vasos ficam apoiados em blocos de concreto ou pendurados nas ripas de madeira da estrutura, que também deixam a luz natural entrar no espaço. Uma primavera camufla parte da estrutura e a trepadeira congeia faz as vezes de arbusto próximo ao espelho d’água. (Conteúdo de Casa e Jardim)

Para acomodar o orquidário e o viveiro de plantas do morador, o paisagista Luciano Fiaschi projetou um pergolado de ipê rústico sustentado por duas vigas de pedra. Os vasos ficam apoiados em blocos de concreto ou pendurados nas ripas de madeira da estrutura, que também deixam a luz natural entrar no espaço. Uma primavera camufla parte da estrutura e a trepadeira congeia faz as vezes de arbusto próximo ao espelho d’água. (Conteúdo de Casa e Jardim)

O interior do orquidário projetado por Juliana. Os brises de  madeira foram instalados para diminuir a incidência da luz.  Os vasos estão em ganchos de parede e de teto e em prateleiras

O interior do orquidário projetado por Juliana. Os brises de madeira foram instalados para diminuir a incidência da luz. Os vasos estão em ganchos de parede e de teto e em prateleiras