"E amei-te sem saberes/ amei-te sem o saber/ amando de te procurar / amando de te inventar"

O poema

O poema "Amor é fogo que arde sem se ver", recitado durante o filme "Camões", realizado por José Leitão de Barros

Que tempos são estes, em que/ é quase um delito/ falar de coisas inocentes.

Que tempos são estes, em que/ é quase um delito/ falar de coisas inocentes.

O mundo há de passar e toda profecia Os dons, as línguas e tudo mais que existir Porém como aquele que foi Hoje é e pra sempre há de ser O amor é a essência ...

10 belos sonetos de Florbela Espanca na voz da atriz Eunice Muñoz

A imensidade do amor cabe num verso de Florbela Espanca. Sentimento absoluto e vital que a impulsiona e lhe condena a existência em desilusões constantes. Na obra composta sobretudo por sonetos, confessa-se esta vida. Que foi e ainda é objeto de culto.

Texto atribuído erroneamente ao escritor colombiano Gabriel García Márquez - texto apócrifo.

"Se por um instante Deus se esquecesse de que sou um boneco de pano" - Revista Prosa Verso e Arte

A Noite e o Caos são parte de mim. Dato do silêncio das estrelas. Sou o efeito de uma causa do tempo do Universo

A Noite e o Caos são parte de mim. Dato do silêncio das estrelas. Sou o efeito de uma causa do tempo do Universo


Mais ideias
Pinterest
Pesquisar