“Sempre quis alguém que me ouvisse. Não as bobagens que falo de vez em sempre. Mas o que minha alma não sabe dizer. Que fizesse esforço para captar tudo que não sai da minha boca.” — Clarissa Corrêa. E quem não quer?

com o tempo a gente se desapega das manias, reinventa as certezas, vai desatando os nós e criando laços, deixa de lado a agitação e passa a curtir a rotina da paz, do amor próprio, da delicadeza de um livro ou de uma boa companhia. com o tempo a gente para de viver pra fora e passa a ser feliz por dentro.

com o tempo a gente se desapega das manias, reinventa as certezas, vai desatando os nós e criando laços, deixa de lado a agitação e passa a curtir a rotina da paz, do amor próprio, da delicadeza de um livro ou de uma boa companhia. com o tempo a gente para de viver pra fora e passa a ser feliz por dentro.

sou fã de atitudes. se não as vejo, não acredito. afinal, da boca pra fora todo mundo é o que quer.

sou fã de atitudes. se não as vejo, não acredito. afinal, da boca pra fora todo mundo é o que quer.

“Quando me entrego, me atiro. Mas quando recuo, não volto mais.” — Clarice Lispector. http://www.pinterest.com/dossantos0445/al%C3%A9m-de-voc%C3%AA/

“Quando me entrego, me atiro. Mas quando recuo, não volto mais.” — Clarice Lispector. http://www.pinterest.com/dossantos0445/al%C3%A9m-de-voc%C3%AA/

Pinterest
Pesquisar