Déborah Pereira

Déborah Pereira

Déborah Pereira
Mais ideias de Déborah
cozinha; Camila Salek; Vimer (Foto: Lufe Gomes/Editora Globo)

cozinha; Camila Salek; Vimer (Foto: Lufe Gomes/Editora Globo)

Simples e elegante_ preto, branco e pastilhas verde agua

Simples e elegante_ preto, branco e pastilhas verde agua

E essas pastilhas? E essa bancada? E os armários? PIREI! por Mariane e Marilda. @decoreinteriores

E essas pastilhas? E essa bancada? E os armários? PIREI! por Mariane e Marilda. @decoreinteriores

Cozinha pequena, apto 60m, vidro branco, revestimento da coifa preto em 3D, porcelanato acetinado cimento.

Cozinha pequena, apto 60m, vidro branco, revestimento da coifa preto em 3D, porcelanato acetinado cimento.

Cozinha branca por Patricia Fiúza Arquitetura (Foto: Denilson Machado / MCA Estúdio / Divulgação)

Cozinha branca por Patricia Fiúza Arquitetura (Foto: Denilson Machado / MCA Estúdio / Divulgação)

Febre nos anos 50 e 60, os cobogós voltaram com força total! Assim como no mundo da moda é comum resgatar memórias para lançar tendências, isso também acontece na arquitetura. É o caso dos cobogós, voltaram com força total, ganhando releituras e resgatando o passado com contemporaneidade. Os cobogós podem ser usados em todos os ambientes, muros, como separador de áreas, bem como divisórias em ambientes internos residenciais ou corporativos. Leia mais no nosso blog…

Febre nos anos 50 e 60, os cobogós voltaram com força total! Assim como no mundo da moda é comum resgatar memórias para lançar tendências, isso também acontece na arquitetura. É o caso dos cobogós, voltaram com força total, ganhando releituras e resgatando o passado com contemporaneidade. Os cobogós podem ser usados em todos os ambientes, muros, como separador de áreas, bem como divisórias em ambientes internos residenciais ou corporativos. Leia mais no nosso blog…

O cobogó foi criado por três homens, os quais usaram as primeiras sílabas dos seus sobrenomes para denominar a criação: Amadeu Coimbra, Ernest Boeckmann e Antônio de Góis. Os criadores usaram como inspiração os Muxarabis, elementos árabes de madeira aplicadas geralmente em janelas para que as mulheres pudessem ver a rua sem serem vistas. Foi nos anos 50 que os cobogós ganharam fama, principalmente no Nordeste brasileiro.

O cobogó foi criado por três homens, os quais usaram as primeiras sílabas dos seus sobrenomes para denominar a criação: Amadeu Coimbra, Ernest Boeckmann e Antônio de Góis. Os criadores usaram como inspiração os Muxarabis, elementos árabes de madeira aplicadas geralmente em janelas para que as mulheres pudessem ver a rua sem serem vistas. Foi nos anos 50 que os cobogós ganharam fama, principalmente no Nordeste brasileiro.

Herança da arquitetura islâmica, Inspirados nos muxarabis de madeira, nossos cobogós foram originalmente construídos em cimento.O cob...

Herança da arquitetura islâmica, Inspirados nos muxarabis de madeira, nossos cobogós foram originalmente construídos em cimento.O cob...

Led - iluminação direcionada; Luminária pendente - 2.700 K a 3.000 K

Led - iluminação direcionada; Luminária pendente - 2.700 K a 3.000 K

Em ambientes muito grandes, também vale a pena se utilizar de divisórias vazadas para criar uma separação visual entre as funções. Nesta sala, por exemplo, um painel de cobogó foi instalado para dividir o home theater da sala de estar, sem que este perdesse iluminação natural. Saiba mais sobre elementos vazados em: https://casacotidiana.wordpress.com/2015/03/17/elementos-vazados-como-dividir-pequenos-espacos/#more-112

Em ambientes muito grandes, também vale a pena se utilizar de divisórias vazadas para criar uma separação visual entre as funções. Nesta sala, por exemplo, um painel de cobogó foi instalado para dividir o home theater da sala de estar, sem que este perdesse iluminação natural. Saiba mais sobre elementos vazados em: https://casacotidiana.wordpress.com/2015/03/17/elementos-vazados-como-dividir-pequenos-espacos/#more-112