Elaine Pinto

Elaine Pinto

Porto Alegre, Brasil / Chega de descrições.
Elaine Pinto
More ideas from Elaine
"O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher" - Cora Coralina

"O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher" - Cora Coralina

"Haja hoje para tanto ontem" - Paulo Leminski

"Haja hoje para tanto ontem" - Paulo Leminski

"A felicidade pode ser encontrada mesmo nas horas mais difíceis, se você lembrar de acender a luz" - Alvo Dumbledore, ou melhor, J. K. Rowling

"A felicidade pode ser encontrada mesmo nas horas mais difíceis, se você lembrar de acender a luz" - Alvo Dumbledore, ou melhor, J. K. Rowling

"O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado" - Mário Quintana

"O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado" - Mário Quintana

"O começo é sempre hoje" - Mary Shelley

"O começo é sempre hoje" - Mary Shelley

"Liberdade, essa palavra que o sonho humano alimenta: que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda!" - Cecília Meireles

"Liberdade, essa palavra que o sonho humano alimenta: que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda!" - Cecília Meireles

"Só posso escrever o que sou. Se as personagens se comportam de modos diferentes, é porque não sou um só" - Graciliano Ramos

"Só posso escrever o que sou. Se as personagens se comportam de modos diferentes, é porque não sou um só" - Graciliano Ramos

"E somos Severinos, iguais em tudo na vida. Morremos de morte igual, da mesma morte Severina, que é a morte de que se morre de velhice antes dos trinta, de emboscada antes do vinte, de fome um pouco por dia" - João Cabral de Melo Neto

"E somos Severinos, iguais em tudo na vida. Morremos de morte igual, da mesma morte Severina, que é a morte de que se morre de velhice antes dos trinta, de emboscada antes do vinte, de fome um pouco por dia" - João Cabral de Melo Neto

"Olha as estrelas. Enquanto elas brilharem, haverá esperança na vida" - Érico Veríssimo

"Olha as estrelas. Enquanto elas brilharem, haverá esperança na vida" - Érico Veríssimo