Erilane Rocha

Erilane Rocha

Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música e quem não acha graça de si mesmo.