Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Os Sertões é um livro brasileiro, escrito por Euclides da Cunha e publicado em 1902. Trata da Guerra de Canudos (1896-1897), no interior da Bahia. Pertence, ao mesmo tempo, à prosa científica e à prosa artística. Pode ser entendido como um obra de Sociologia, Geografia, História ou crítica humana. Mas não é errado lê-lo como uma epopeia da vida sertaneja em sua luta diária contra a paisagem e a incompreensão das elites governamentais.

96
19
1

JORNAL VIRTUAL: A GUERRA DE CANUDOS brazilian troops

Pool party! Nossos canudos de flamingos lembram festa na piscina, boias gigantes, guerra de água, drinks, bikinis e verão o ano inteiro.

94
20

Escrituras Editora lança 3ª edição revista e ampliada do livro "A Guerra total de Canudos"

1

Guerra de Canudos – Wikipédia, a enciclopédia livre (Antônio Conselheiro)

Guerra de Canudos – Wikipédia, a enciclopédia livre

A Matadeira (Guerra de Canudos – Wikipédia, a enciclopédia livre)

Ruínas de uma igreja no Arraial de Canudos após a Guerra de Canudos, um conflito sangrento em que tropas da República entraram em confronto direto com um grupo de sertanejos que, liderados pelo peregrino Antônio Conselheiro, fundaram uma comunidade auto-suficiente, contrariando os interesses latifundiários e a política tributária do país. Não houve rendição, Canudos resistiu até o último homem, no que resultou na morte de cerca de 20 mil sertanejos, foto de 1897. | História Ilustrada

8

Guerra de Canudos – Wikipédia, a enciclopédia livre

História do Brasil A Guerra de Canudos [Edição e Narração: Prof. Cesar M...