Já foram identificadas seis diferentes isoformas de actina, entre elas a Actina alfa 1, músculo esquelético, também conhecida como ACTA1.

Já foram identificadas seis diferentes isoformas de actina, entre elas a Actina alfa 1, músculo esquelético, também conhecida como ACTA1.

Tecido Muscular,este tipo de tecido realiza grande parte da movimentação corporal em conjunto com o tecido ósseo. Pode romper-se e possui algum teor de elasticidade que ajuda na movimentação.Pode produzir ácido lático e armazená-lo,que pode causar dores musculares. E por fim é possível sentir a pulsação cardíaca.

Tecido Muscular,este tipo de tecido realiza grande parte da movimentação corporal em conjunto com o tecido ósseo. Pode romper-se e possui algum teor de elasticidade que ajuda na movimentação.Pode produzir ácido lático e armazená-lo,que pode causar dores musculares. E por fim é possível sentir a pulsação cardíaca.

Componentes de células endoteliais humanas ganham cores para identificação. Em vermelho esta a proteína actina, que permite que as células se movam, dividam e reajam aos estímulos. Em azul estão os núcleos das células, contendo o DNA. O experimento Endothelial Cells será feito na ISS (Estação Espacial Internacional) para entender como as células que revestem os nossos vasos sanguíneos reagem à ausência de gravidade, já que esta não puxa o sangue em direção aos pés dos astronautas

ou arte? Fotos das agências espaciais são dignas de moldura!

Componentes de células endoteliais humanas ganham cores para identificação. Em vermelho esta a proteína actina, que permite que as células se movam, dividam e reajam aos estímulos. Em azul estão os núcleos das células, contendo o DNA. O experimento Endothelial Cells será feito na ISS (Estação Espacial Internacional) para entender como as células que revestem os nossos vasos sanguíneos reagem à ausência de gravidade, já que esta não puxa o sangue em direção aos pés dos astronautas

Neurona humana que muestra la formación de actina en respuesta a la estimulación vista al microscopio. Imagen de Michael A. Colicos, UC San Diego

Neurona humana que muestra la formación de actina en respuesta a la estimulación vista al microscopio. Imagen de Michael A. Colicos, UC San Diego

Preciosa imagen de una neurona humana mostrando la formación de actina en respuesta a la estimulación. Imagen de Michael A. Colicos (UC San Diego).

Preciosa imagen de una neurona humana mostrando la formación de actina en respuesta a la estimulación. Imagen de Michael A. Colicos (UC San Diego).

Tobacco (Nicotiana tabacum) leaf epidermal cells showing bundles of f-actin (green) and Golgi bodies (red dots within cells). Red fluorescent protein also outlines the cells. A stoma is visible but the actin cytoskeleton and Golgi bodies within the guard cells are not marked. - Confocal 3D projection. John Runions

Tobacco (Nicotiana tabacum) leaf epidermal cells showing bundles of f-actin (green) and Golgi bodies (red dots within cells). Red fluorescent protein also outlines the cells. A stoma is visible but the actin cytoskeleton and Golgi bodies within the guard cells are not marked. - Confocal 3D projection. John Runions

O tecido muscular é formado por células alongadas e especializadas em contração (proteínas contráteis: miosina e actina); apresentam grande inervação e vascularização, e são divididos em: Liso(não-estriado), Esquelético e Cardíaco.

O tecido muscular é formado por células alongadas e especializadas em contração (proteínas contráteis: miosina e actina); apresentam grande inervação e vascularização, e são divididos em: Liso(não-estriado), Esquelético e Cardíaco.

Pinterest
Pesquisar