Fotos de animais ameaçados de extinção no Brasil

Fotos de animais ameaçados de extinção no Brasil

pin 127
heart 22
A preservação do tatu-bola, espécie que figura na lista vermelha dos animais ameaçados na categoria vulnerável, será objeto de um Plano Nacional de Conservação de Espécies da Fauna Ameaçadas de Extinção. A elaboração está a cargo do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), vinculado ao Ministério do Meio Ambiente (MMA) e deve estar concluído até o final deste ano.

A preservação do tatu-bola, espécie que figura na lista vermelha dos animais ameaçados na categoria vulnerável, será objeto de um Plano Nacional de Conservação de Espécies da Fauna Ameaçadas de Extinção. A elaboração está a cargo do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), vinculado ao Ministério do Meio Ambiente (MMA) e deve estar concluído até o final deste ano.

pin 61
heart 6
Ararinha-azul (Cyanopsitta spixii): vive na Caatinga. O hábitat natural que restou para esta bela ave é o zoológico. Apenas em zoos e coleções particulares é que podem ser observadas as derradeiras 55 ararinhas vivas. Na natureza, a última que foi vista, em 2000, era um macho, que desapareceu.

Ararinha-azul (Cyanopsitta spixii): vive na Caatinga. O hábitat natural que restou para esta bela ave é o zoológico. Apenas em zoos e coleções particulares é que podem ser observadas as derradeiras 55 ararinhas vivas. Na natureza, a última que foi vista, em 2000, era um macho, que desapareceu.

pin 40
heart 11
Gato-maracajá.  Escalador e saltador ágil, o gato-maracajá é muito bem adaptado à vida nas árvores das florestas, onde ficam suas principais presas. Possui uma cauda longa que serve de contra peso quando pula de galho em galho, garras grandes que melhoram a aderência em troncos e pode saltar 2,5 metros para cima em um único impulso. Foi muito caçado por sua pele nas décadas de 1960 e 1970, mas o desmatamento e a perda de habitat são as maiores ameaças à espécie nos dias de hoje

Gato-maracajá. Escalador e saltador ágil, o gato-maracajá é muito bem adaptado à vida nas árvores das florestas, onde ficam suas principais presas. Possui uma cauda longa que serve de contra peso quando pula de galho em galho, garras grandes que melhoram a aderência em troncos e pode saltar 2,5 metros para cima em um único impulso. Foi muito caçado por sua pele nas décadas de 1960 e 1970, mas o desmatamento e a perda de habitat são as maiores ameaças à espécie nos dias de hoje

pin 8
Os tigres eram encontrados em grande parte da Ásia. Habitavam lugares tão diversificados (florestas tropicais, pântanos e savanas) que acabaram evoluindo em populações regionais com padrões e tamanhos distintos, a ponto de serem classificadas em subespécies diferentes, incluindo o tigre-siberiano (Panthera tigris altaica). Hoje, a maioria está extinta.

Os tigres eram encontrados em grande parte da Ásia. Habitavam lugares tão diversificados (florestas tropicais, pântanos e savanas) que acabaram evoluindo em populações regionais com padrões e tamanhos distintos, a ponto de serem classificadas em subespécies diferentes, incluindo o tigre-siberiano (Panthera tigris altaica). Hoje, a maioria está extinta.

pin 36
heart 21
Praticamente invisíveis, com garras afiadas e reflexos apurados. Movem-se com cautela. Calculam cada passo. Mesmo no chão repleto de folhas secas nenhum barulho é perceptível. Eles estão lá, mas é impossível avistá-los. Andam pelo ambiente como se fossem fantasmas e, quando menos se espera, pa...

Praticamente invisíveis, com garras afiadas e reflexos apurados. Movem-se com cautela. Calculam cada passo. Mesmo no chão repleto de folhas secas nenhum barulho é perceptível. Eles estão lá, mas é impossível avistá-los. Andam pelo ambiente como se fossem fantasmas e, quando menos se espera, pa...

Mocó, um dos animais ameaçados de extinção. Foto:  © John Medcraft

Mocó, um dos animais ameaçados de extinção. Foto: © John Medcraft

pin 18
heart 5
Tamanduá-bandeira com filhote

Tamanduá-bandeira com filhote

pin 1
No passado, as grandes ameaças ao mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia) eram o desmatamento, a fragmentação do habitat e o tráfico de animais silvestres. Porém, programas de restauração do habitat e de reprodução em cativeiro deram um novo fôlego à espécie, que conseguiu se adaptar bem em florestas degradadas e matas secundárias. Hoje, a população de aproximadamente mil indivíduos se mantém estável, mas é fragmentada em pequenas manchas de Mata Atlântica, e há pouca possibilidade de…

No passado, as grandes ameaças ao mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia) eram o desmatamento, a fragmentação do habitat e o tráfico de animais silvestres. Porém, programas de restauração do habitat e de reprodução em cativeiro deram um novo fôlego à espécie, que conseguiu se adaptar bem em florestas degradadas e matas secundárias. Hoje, a população de aproximadamente mil indivíduos se mantém estável, mas é fragmentada em pequenas manchas de Mata Atlântica, e há pouca possibilidade de…

pin 18
heart 4
Foto tesourão-grande (Fregata minor) por Cassiano Zaparoli (zapa) | Wiki Aves - A Enciclopédia das Aves do Brasil

Foto tesourão-grande (Fregata minor) por Cassiano Zaparoli (zapa) | Wiki Aves - A Enciclopédia das Aves do Brasil

pin 35
heart 3
Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo
Search