Armário de cozinha feito com compensado naval e revestido com fórmica na cor azul.

Reforma cheia de ideias em um apê pequeno

Armário de cozinha feito com compensado naval e revestido com fórmica na cor azul.

(1) Para deixar livre a bancada desta cozinha, o designer de interiores Marcel Steiner instalou PRATELEIRAS METÁLICAS (Sistema de parede), DA METAL STOCK (http://www.metalstock.com.br/). Além de servirem de escorredor de pratos, elas também guardam potes de mantimentos e utensílios presos por ganchos. (2)  Em vez de usar pedras, Marcel preferiu executar a bancada de concreto.

(1) Para deixar livre a bancada desta cozinha, o designer de interiores Marcel Steiner instalou PRATELEIRAS METÁLICAS (Sistema de parede), DA METAL STOCK (http://www.metalstock.com.br/). Além de servirem de escorredor de pratos, elas também guardam potes de mantimentos e utensílios presos por ganchos. (2) Em vez de usar pedras, Marcel preferiu executar a bancada de concreto.

Você precisa decor - Um blog sobre decoração, design, designer de interiores, livros, filmes e séries.Você precisa decor

Você precisa decor - Um blog sobre decoração, design, designer de interiores, livros, filmes e séries.Você precisa decor

A marcenaria também merece destaque: foi feita com compensado revestido de fórmica mate. Além do armário e da bancada de estudo, há ainda uma beliche reservada para a visita das amigas. A cama parece até flutuar no espaço graças à sua estruturação. Ela foi engastada na parede por uma estrutura metálica e envelopada por madeira maciça. Abaixo dela, a área foi aproveitada para receber o computador. O móvel com futon divide o espaço, serve de banco e ainda possui gavetões para guardar objetos.

A marcenaria também merece destaque: foi feita com compensado revestido de fórmica mate. Além do armário e da bancada de estudo, há ainda uma beliche reservada para a visita das amigas. A cama parece até flutuar no espaço graças à sua estruturação. Ela foi engastada na parede por uma estrutura metálica e envelopada por madeira maciça. Abaixo dela, a área foi aproveitada para receber o computador. O móvel com futon divide o espaço, serve de banco e ainda possui gavetões para guardar objetos.

Como este apartamento em Londrina (PR) é pequeno, a solução encontrada pela arquiteta Dudi Duarte para fazer o bar foi criar um espaço multifuncional. “O móvel serve como cristaleira, adega, armário e ainda conseguimos aproveitar a lateral para fazer um painel de suporte da TV”, explica a profissional. Revestimentos de fórmica nogueira, laca preta e vidro foram escolhidos para criar transparência e leveza. 

Como este apartamento em Londrina (PR) é pequeno, a solução encontrada pela arquiteta Dudi Duarte para fazer o bar foi criar um espaço multifuncional. “O móvel serve como cristaleira, adega, armário e ainda conseguimos aproveitar a lateral para fazer um painel de suporte da TV”, explica a profissional. Revestimentos de fórmica nogueira, laca preta e vidro foram escolhidos para criar transparência e leveza.

Cozinha ampla tem parede de  pastilhas e marcenaria revestida com fórmica roxa.

Cozinha ampla tem parede de pastilhas e marcenaria revestida com fórmica roxa.

Gabinete de Banheiro em Fórmica Branca com abertura de portas e gavetas co toque das mãos.

Gabinete de Banheiro em Fórmica Branca com abertura de portas e gavetas co toque das mãos.

Com a extinção de um quarto, surgiu espaço para a mesa de trabalho atrás do sofá, item relevante para a moradora Priscila Dal Poggetto. Ela fica junto de uma estante laqueada de azul Tiffany, feita sob medida para preencher um nicho remanescente

Home office descolado

Com a extinção de um quarto, surgiu espaço para a mesa de trabalho atrás do sofá, item relevante para a moradora Priscila Dal Poggetto. Ela fica junto de uma estante laqueada de azul Tiffany, feita sob medida para preencher um nicho remanescente

lém de embutir a fiação, o painel de cumaru que completa o móvel da TV esconde a janela do quarto integrado à sala de 33 m². Laqueada, a parte de bairro exibe um nicho com livros numa das laterais, canto onde a moradora lê na poltrona da Passado Composto Século XX.

lém de embutir a fiação, o painel de cumaru que completa o móvel da TV esconde a janela do quarto integrado à sala de 33 m². Laqueada, a parte de bairro exibe um nicho com livros numa das laterais, canto onde a moradora lê na poltrona da Passado Composto Século XX.

O rack apoia a TV e outros equipamentos eletrônicos, além de manter a coleção de discos e filmes organizada nas quatro gavetas inferiores. A exemplo da prateleira em forma de S invertido, logo acima, a peça é feita de MDF revestido de laminado amadeirado. Marcenaria da sala: rack e estante de MDF. Solmar Móveis, R$ 6 mil. Projeto da arquiteta Daniela Berardinelli.

O rack apoia a TV e outros equipamentos eletrônicos, além de manter a coleção de discos e filmes organizada nas quatro gavetas inferiores. A exemplo da prateleira em forma de S invertido, logo acima, a peça é feita de MDF revestido de laminado amadeirado. Marcenaria da sala: rack e estante de MDF. Solmar Móveis, R$ 6 mil. Projeto da arquiteta Daniela Berardinelli.

Esta mesa de centro com pés palito, um clássico dos anos 50, saiu do lixo e ganhou o tom moderno de verde limão. “Como a madeira do tampo es...

Esta mesa de centro com pés palito, um clássico dos anos 50, saiu do lixo e ganhou o tom moderno de verde limão. “Como a madeira do tampo es...

Pinterest
Pesquisar