Pinterest
O ginasta Arthur Zanetti é especialista no exercício com as argolas.

Isto é Arthur Zanetti - 07/08/2017 - Esporte - Fotografia - Folha de S.Paulo

Cristiane e Marta comemora o gol do Brasil contra Camarões nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012. Foto: Mowa Press.

Cristiane e Marta comemora o gol do Brasil contra Camarões nos Jogos Olímpicos de Londres de Foto: Mowa Press. Mais

Canoagem feminina do Brasil só teve atletas sub-20 nos Jogos Olímpicos #sportv

País levou seis décadas para classificar sua primeira representante, em Pequim Desde então, apenas atletas de slalom e com menos de 20 anos foram às Olimpíadas

Blog Esportivo do Suíço:  Líbero Serginho pode se tornar maior medalhista do vôlei nas Olimpíadas

Líbero Serginho pode se tornar maior medalhista do vôlei nas Olimpíadas

Campeão em Atenas 2004 e vice em Pequim 2008 e Londres jogador tem chances de conquistar sua quarta medalha olímpica no Rio de Janeiro, em 2016

Grandes mulheres do esporte olímpico! História das mulheres nos jogos olímpicos. Mulheres com mais medalhas olímpicas da história. Atletas do Brasil.

Grandes mulheres do esporte olímpico! História das mulheres nos jogos olímpicos. Mulheres com mais medalhas olímpicas da história. Atletas do Brasil.

Três vinhos da Bairrada integram a comitiva portuguesa nos Jogos Olímpicos 2016, que decorrem entre 5 e 21 de Agosto no Rio de Janeiro. Os “atletas” espumante, branco e tinto envergam a marca “Comité Olímpico de Portugal – Bairrada” e, para além de marcarem presença à mesa nos momentos gastronómicos e de celebração no Brasil, estão também à venda em Portugal, nos dois espaços da Rota da Bairrada – Curia e Oliveira do Bairro – e na loja on-line. #revistadevinhos #vinho

Em Portugal os vinhos podem ser comprados junto nas lojas da Rota da Bairrada (na Cúria, em Oliveira do Bairro e on-line) Começam amanhã, 05 de Agosto

Críticas descrenças falta de apoio popular e problemas... Nada disso foi o suficiente para tirar o brilho e as alegrias que os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro nos proporcionaram. Mostramos para o mundo que somos capazes que temos valor e sabemos receber os gringos como ninguém. Foram dias mágicos cheios de alegria e com muito orgulho graças aos nossos atletas que honraram o Brasil. Já estou morrendo de saudade de toda essa energia e espírito olímpico que tomaram conta da Cidade…

Críticas descrenças falta de apoio popular e problemas... Nada disso foi o suficiente para tirar o brilho e as alegrias que os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro nos proporcionaram. Mostramos para o mundo que somos capazes que temos valor e sabemos receber os gringos como ninguém. Foram dias mágicos cheios de alegria e com muito orgulho graças aos nossos atletas que honraram o Brasil. Já estou morrendo de saudade de toda essa energia e espírito olímpico que tomaram conta da Cidade…

Bruninho Rezende e os garotos do vôlei chegaram à final mas não superaram a forte Rússia. Sobrou a prata...

Em clima de provocações, Brasil pega a Polônia e tenta dar o troco na Liga

De uma hora para outra, o duelo ganhou ares de rivalidade histórica. Para isso, dois grandes jogos, uma dose de provocação de um lado e a vontade de dar o troco do outro. Neste domingo, às em São Bernardo ...

Um dos ex-atletas mais queridos do Brasil Oscar Schmidt 58 anos tem motivos para estar feliz durante a Olimpíada do Rio. Em 2013 o ex-cestinha enfrentou um tumor no cérebro. Fiz uma ressonância magnética há quinze dias quando foi constatado que não tenho nenhum resquício de células cancerígenas. Só após cinco anos poderei dizer que estou curado mas fico feliz em saber que tudo tem andado bem. Nós ficamos muito felizes por ele!  Curiosidades: - Oscar será comentarista da Fox Sports durante os…

Um dos ex-atletas mais queridos do Brasil Oscar Schmidt 58 anos tem motivos para estar feliz durante a Olimpíada do Rio. Em 2013 o ex-cestinha enfrentou um tumor no cérebro. Fiz uma ressonância magnética há quinze dias quando foi constatado que não tenho nenhum resquício de células cancerígenas. Só após cinco anos poderei dizer que estou curado mas fico feliz em saber que tudo tem andado bem. Nós ficamos muito felizes por ele! Curiosidades: - Oscar será comentarista da Fox Sports durante os…

A Cinemateca Brasileira, em São Paulo, irá exibir documentários sobre o esporte olímpico do país até o dia 14 de agosto. As sessões são diárias e mostram a trajetória dos atletas que representaram o Brasil nos Jogos Olímpicos.  Os 47 documentários compõem o acervo do projeto Memória do Esporte Olímpico Brasileiro, que vem sendo criado desde 2011. Além da exibição em tela grande na Cinemateca, os documentários podem ser assistidos também por meio de uma plataforma online.

Mostra tem sessões até 14 de agosto, com a trajetória dos atletas que representaram o Brasil nos Jogos Olímpicos; 47 documentários compõem o acervo do projeto 'Memória do Esporte Olímpico Brasileiro'

Blog Esportivo do Suíço:  Brasil inscreve 462 atletas na Rio 2016, recorde do país em Jogos Olímpicos

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) inscreveu, nesta segunda-feira, os 462 atletas que integrarão a delegação brasileira na Olimpíada Rio

Seleção Brasileira masculina de Voleibol - Uma derrota que forjou uma geração. A prata no Pan de Havana 1991 impulsionou um time que "varreu" os adversários nos Jogos Olímpicos de Barcelona 1992. Tande, Giovane, Maurício, Marcelo Negrão e Carlão foram os grandes atores do inédito ouro olímpico para o voleibol brasileiro.

Veja 20 mitos do esporte que despontaram no Pan

Seleção Brasileira masculina de Voleibol minha paixão minha inspiração para continuar sonhando

Zanetti continência cerimônia do pódio (Foto: Julio Cortez/AP)O gesto passou a chamar a atenção nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no ano passado, quando os atletas das Forças Armadas conquistaram 67 das 141 medalhas do Brasil. Mas voltou à tona agora na Olimpíada do Rio. A continência de alguns atletas brasileiros no pódio durante o hasteamento da bandeira gera debate. Trata-se de uma questão política para gerar propaganda para Exército, Marinha e Aeronáutica ou é apenas um sinal de…

Entenda por que os atletas brasileiros prestam continência no pódio olímpico

Arthur Zanetti, Arthur Nory, Rafael Baby e Felipe Wu fizeram o gesto militar no pódio. Oito das nove medalhas do Brasil foram conquistadas por atletas das Forças Armadas

Equipe de refugiados da Olimpíada Rio - 2016. 5 atletas do Sudão do Sul, 2 da Síria, 2 do Congo e um da Etiópia, formam a primeira equipe de refugiados da história dos Jogos Olímpicos. Os atletas já se consideram vencedores, antes mesmo de entrar na disputa. "Eu vi o céu aberto para nós. Não sabia que um refugiado poderia chegar aqui e ganhar. Meu coração está inchado agora", declarou o congolês Sérgio Shindano.  Fotografia: Tomaz Silva / Agência Brasil.

Refugiados pela primeira vez nas Olimpíadas