Rosa Parks foi a personagem principal do ato que marcou o início da luta antissegregacionista nos Estados Unidos. Em dezembro de 1955, Rosa recusou-se a ceder seu lugar num ônibus para uma pessoa branca e foi expulsa do veículo. A partir daí, iniciou-se o Boicote aos ônibus de Montgomery e muitas outras ações pró-igualdade em solo americano.

Ícones Negros

Fizemos uma lista com os maiores ícones negros da história da humanidade. Confira e deixe sua opinião: concorda com a lista, faltou algum nome? Opine!

A ação de Rosa deu início a um grande boicote dos negros aos ônibus, organizado por Martin Luther King Jr. O protesto, por sua vez, levou à aprovação da lei de 1964 que proibiu a discriminação racial nos EUA. Na foto, um cartão-postal para Rosa Parks, enviado por Martin Luther King Jr. enquanto ele viajava pela Europa em 1957. "Penso em você constantemente", escreveu Luther King

EUA liberam acesso a documentos de símbolo de luta contra racismo

A ação de Rosa deu início a um grande boicote dos negros aos ônibus, organizado por Martin Luther King Jr. O protesto, por sua vez, levou à aprovação da lei de 1964 que proibiu a discriminação racial nos EUA. Na foto, um cartão-postal para Rosa Parks, enviado por Martin Luther King Jr. enquanto ele viajava pela Europa em 1957. "Penso em você constantemente", escreveu Luther King

Rosa Parks, foi uma costureira negra norte-americana, símbolo do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos. Ficou famosa, em 1º de dezembro de 1955, por ter-se recusado frontalmente a ceder o seu lugar no ônibus a um branco, tornando-se o estopim do movimento que foi denominado boicote aos ônibus de Montgomery e posteriormente viria a marcar o início da luta antissegregacionista.

Rosa Parks: costureira negra norte-americana, símbolo do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos.

#SessãoPipoca:  A História de Rosa Parks  Sinopse: O filme traz a história de Rosa Parks e a sua atuação durante o movimento de direitos civis nos EUA, na década de 1950/60. Quando Parks se recusa a ceder seu lugar no ônibus segregado para um homem branco, ela é presa, o que motiva um boicote de mais de um ano por parte da população afro-descendente contra os ônibus, em Montgomery, Alabama.

#SessãoPipoca: A História de Rosa Parks Sinopse: O filme traz a história de Rosa Parks e a sua atuação durante o movimento de direitos civis nos EUA, na década de 1950/60. Quando Parks se recusa a ceder seu lugar no ônibus segregado para um homem branco, ela é presa, o que motiva um boicote de mais de um ano por parte da população afro-descendente contra os ônibus, em Montgomery, Alabama.

Veja quem são elas Princesa-Rosa-Parks-1024x640

Artista resolve mostrar às meninas que mulheres com força, inteligência, dedicação e ousadia também podem ser princesas. Veja as originais ilustrações:

Rosa Parks é fichada pela polícia em Montgomery, Estado do Alabama, em 22 de fevereiro de 1956, poucos meses após se recusar a ceder seu lugar no ônibus para um passageiro branco (em 1º de dezembro de 1955). Ela foi presa com diversas outras pessoas que desafiaram as leis de segregação.A atitude de Parks levou a um boicote aos ônibus em dezembro de 1955, uma manobra organizada pelo reverendo Martin Luther King Jr.

29 fotos perturbadoras de quando a segregação racial era permitida nos EUA

Rosa Parks é fichada pela polícia em Montgomery, Estado do Alabama, em 22 de fevereiro de 1956, poucos meses após se recusar a ceder seu lugar no ônibus para um passageiro branco (em 1º de dezembro de 1955). Ela foi presa com diversas outras pessoas que desafiaram as leis de segregação.A atitude de Parks levou a um boicote aos ônibus em dezembro de 1955, uma manobra organizada pelo reverendo Martin Luther King Jr.

Acima, livro da Feira de Montgomery, em 1955, que Rosa Parks usou como caderno em 1956. No caderno há uma lista de nomes, incluindo os de motoristas que ofereciam carona durante o boicote aos ônibus. Milhares de afro-americanos se recusaram a andar de ônibus durante 13 meses. A perda de receita e uma determinação da Suprema Corte obrigaram a Companhia de Ônibus de Montgomery a acabar com a segregação

EUA liberam acesso a documentos de símbolo de luta contra racismo

Acima, livro da Feira de Montgomery, em 1955, que Rosa Parks usou como caderno em 1956. No caderno há uma lista de nomes, incluindo os de motoristas que ofereciam carona durante o boicote aos ônibus. Milhares de afro-americanos se recusaram a andar de ônibus durante 13 meses. A perda de receita e uma determinação da Suprema Corte obrigaram a Companhia de Ônibus de Montgomery a acabar com a segregação

The boys next door loved to play tricks on Mama Evangeline...Daddy Don told her to start wearing her panties...It was a really bad day.

O UOL tem o melhor e-mail profissional para você! O portal traz ainda bate-papo (chat), notícias, fotos em tempo real e plataformas interativas.

proverbio africano

proverbio africano

Anna Akhmatova- Requiem: The #poem ‘Requiem’ by Anna Akhmatova documents the trauma and suffering of the Russian people under Joseph Stalin. The poem was conceived as she waited in a line to visit her son Lev in prison. Created between 1935 and 1940, each line was memorized by Akhmatova and her friends to preserve the poem. It was first published outside of Russia in 1963 and finally published in Russia in 1987. We are reminded that trauma can be a collective experience, combining individual…

Anna Akhmatova- Requiem: The #poem ‘Requiem’ by Anna Akhmatova documents the trauma and suffering of the Russian people under Joseph Stalin. The poem was conceived as she waited in a line to visit her son Lev in prison. Created between 1935 and 1940, each line was memorized by Akhmatova and her friends to preserve the poem. It was first published outside of Russia in 1963 and finally published in Russia in 1987. We are reminded that trauma can be a collective experience, combining individual…

Luíza Mahin -Africana guerreira, teve importante papel na Revolta dos Malês, na Bahia. Além de sua herança de luta, deixou-nos seu filho, Luiz Gama, poeta e abolicionista. Pertencia à etnia jeje, sendo transportada para o Brasil, como escrava.Outros se referem a ela como sendo natural da Bahia e tendo nascido livre por volta de 1812. Em 1830 deu à luz um filho que mais tarde se tornaria poeta e abolicionista. http://www.criola.org.br/nnh/nnh_luiza_mahin.htm

Luíza Mahin -Africana guerreira, teve importante papel na Revolta dos Malês, na Bahia. Além de sua herança de luta, deixou-nos seu filho, Luiz Gama, poeta e abolicionista. Pertencia à etnia jeje, sendo transportada para o Brasil, como escrava.Outros se referem a ela como sendo natural da Bahia e tendo nascido livre por volta de 1812. Em 1830 deu à luz um filho que mais tarde se tornaria poeta e abolicionista. http://www.criola.org.br/nnh/nnh_luiza_mahin.htm

zdjęcie Janusz Korbel ze strony TU              Lepszej pary Puszcza Białowieska nie mogła sobie wymarzyć .    Ona -  biolog, leśnik, prof...

zdjęcie Janusz Korbel ze strony TU Lepszej pary Puszcza Białowieska nie mogła sobie wymarzyć . Ona - biolog, leśnik, prof...

Aimé Césaire (1913-1980) Martinique #Caribbean poet/author, a founder of #Négritude movement. Francophone literature.

Aimé Césaire (1913-1980) Martinique #Caribbean poet/author, a founder of #Négritude movement. Francophone literature.

Consciência Negra

Pinterest
Pesquisar