O <strong>molho à parisiense</strong> é feito de molho bechamel, cebola, salsa, presunto e parmesão. <a href="http:// http://mdemulher.abril.com.br/culinaria/receitas/receita-de-molho-parisiense-698866.shtml" target="_blank">Veja como fazer</a>

O <strong>molho à parisiense</strong> é feito de molho bechamel, cebola, salsa, presunto e parmesão. <a href="http:// http://mdemulher.abril.com.br/culinaria/receitas/receita-de-molho-parisiense-698866.shtml" target="_blank">Veja como fazer</a>

MOLHO BÉCHAMEL Um molho branco, quente preparado a partir de uma mistura de farinha e manteiga (roux), cozida com leite. A quantidade de manteiga e farinha deve ser igual e a quantidade de leite depende da consistência desejada. Deixa-se engrossar lentamente em fogo baixo, mexendo sempre. Depois colocamos pimenta do reino (de preferência branca para um molho mais suave) e noz moscada (opcional). Este molho é um clássico usado em lasanhas, croque-monsieur, endívias com presunto, gratinados.

MOLHO BÉCHAMEL Um molho branco, quente preparado a partir de uma mistura de farinha e manteiga (roux), cozida com leite. A quantidade de manteiga e farinha deve ser igual e a quantidade de leite depende da consistência desejada. Deixa-se engrossar lentamente em fogo baixo, mexendo sempre. Depois colocamos pimenta do reino (de preferência branca para um molho mais suave) e noz moscada (opcional). Este molho é um clássico usado em lasanhas, croque-monsieur, endívias com presunto, gratinados.

MOLHO BÉCHAMEL Um molho branco, quente preparado a partir de uma mistura de farinha e manteiga (roux), cozida com leite. A quantidade de manteiga e farinha deve ser igual e a quantidade de leite depende da consistência desejada. Deixa-se engrossar lentamente em fogo baixo, mexendo sempre. Depois colocamos pimenta do reino (de preferência branca para um molho mais suave) e noz moscada (opcional). Este molho é um clássico usado em lasanhas, croque-monsieur, endívias com presunto, gratinados.

MOLHO BÉCHAMEL Um molho branco, quente preparado a partir de uma mistura de farinha e manteiga (roux), cozida com leite. A quantidade de manteiga e farinha deve ser igual e a quantidade de leite depende da consistência desejada. Deixa-se engrossar lentamente em fogo baixo, mexendo sempre. Depois colocamos pimenta do reino (de preferência branca para um molho mais suave) e noz moscada (opcional). Este molho é um clássico usado em lasanhas, croque-monsieur, endívias com presunto, gratinados.

10 molhos industriais que você pode fazer em casa, ketchup, pesto, molho de tomate, béchamel, etc.

10 molhos industriais que você pode fazer em casa, ketchup, pesto, molho de tomate, béchamel, etc.

chips abobrinha                                                                                                                                                                                 Mais

chips abobrinha Mais

Não coleguinhas, eu não saí da dieta. Esse bolitcho estava aqui guardadinho esperando para ser postado, mas foi feito faz tempo. Ele é incrivelmente fácil. Manja aquelas receitas que a gente lê e p…

Não coleguinhas, eu não saí da dieta. Esse bolitcho estava aqui guardadinho esperando para ser postado, mas foi feito faz tempo. Ele é incrivelmente fácil. Manja aquelas receitas que a gente lê e p…

A diferença básica entre Molho Branco e Béchamel é que o Branco é feito com leite sem tempero e no Béchamel o leite é temperado antes. Vocês já devem ter visto muitas variações desse molho por aí. …

A diferença básica entre Molho Branco e Béchamel é que o Branco é feito com leite sem tempero e no Béchamel o leite é temperado antes. Vocês já devem ter visto muitas variações desse molho por aí. …

Tatiana Romano - pão de leite fofissimo

Tatiana Romano - pão de leite fofissimo

10 molhos industriais que você pode fazer em casa, ketchup, pesto, molho de tomate, béchamel, etc. - Página 10

10 molhos industriais que você pode fazer em casa, ketchup, pesto, molho de tomate, béchamel, etc. - Página 10

No século XIX, Marie-Antoine Carême, chef de cozinha francês que ficou conhecido pela simplificação do estilo de culinária chamada haute-cuisine, aplicou em seu livro L´Art de la Cuisine Française, bechamel, velouté, espagnole e o molho de tomate, como base de construção para todos os outros molhos. Com alguns ingredientes simples (farinha, manteiga e um líquido) e técnicas fáceis, estes cinco molhos, todos igualmente importantes no seu repertório para cozinhar, servirão como ponto de…

No século XIX, Marie-Antoine Carême, chef de cozinha francês que ficou conhecido pela simplificação do estilo de culinária chamada haute-cuisine, aplicou em seu livro L´Art de la Cuisine Française, bechamel, velouté, espagnole e o molho de tomate, como base de construção para todos os outros molhos. Com alguns ingredientes simples (farinha, manteiga e um líquido) e técnicas fáceis, estes cinco molhos, todos igualmente importantes no seu repertório para cozinhar, servirão como ponto de…

Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo
Pesquisar