Just got the Metro Leader (our community newspaper) and my feature is on it! http://lbkmetroleader.com/community/meet-a-lubbock-author-tam-may/

Just got the Metro Leader (our community newspaper) and my feature is on it! http://lbkmetroleader.com/community/meet-a-lubbock-author-tam-may/

Fields 360 na luta contra o racismo | Clube de Criação

Fields 360 na luta contra o racismo | Clube de Criação

35 papéis de carta que farão meninas dos anos 80 e 90 voltarem à infância

35 papéis de carta que farão meninas dos anos 80 e 90 voltarem à infância

Alice no País da Filosofia: Surpresa linda, linda, linda = Poeta e haikaista, Alice Ruiz nasceu em Curitiba, PR, em 22 de janeiro de 1946. Começou a escrever contos com 9 anos de idade, e versos aos 16. Aos 26 anos publicou pela primeira vez seus poemas em revistas e jornais culturais. Lançou seu primeiro livro aos 34 anos.  Alice publicou, até agora, 21 livros, entre poesia, traduções e uma história infantil, que você pode conhecer clicando em Bibliografia.  Compõe letras desde os 26 anos…

Alice no País da Filosofia: Surpresa linda, linda, linda = Poeta e haikaista, Alice Ruiz nasceu em Curitiba, PR, em 22 de janeiro de 1946. Começou a escrever contos com 9 anos de idade, e versos aos 16. Aos 26 anos publicou pela primeira vez seus poemas em revistas e jornais culturais. Lançou seu primeiro livro aos 34 anos. Alice publicou, até agora, 21 livros, entre poesia, traduções e uma história infantil, que você pode conhecer clicando em Bibliografia. Compõe letras desde os 26 anos…

Quem gosta de escrever cartas para os jornais não deve ter namorada. — Carlos Drummond de Andrade

Quem gosta de escrever cartas para os jornais não deve ter namorada. — Carlos Drummond de Andrade

Estava há tempos para escrever sobre a crueldade feita pela revista Época contra o cientista franco-argelino Adlène Hicheur, condenado na França por, no máximo, “crime de opinião”(num julgamento questionado por insuspeitos jornais como o Le...

Estava há tempos para escrever sobre a crueldade feita pela revista Época contra o cientista franco-argelino Adlène Hicheur, condenado na França por, no máximo, “crime de opinião”(num julgamento questionado por insuspeitos jornais como o Le...

LIMA BARRETO:               Filho de escravos em um Brasil que lutava para abolir oficialmente a escravidão, Afonso Henriques de Lima Barreto teve oportunidade de boa instrução escolar, vindo a tornar-se jornalista e um dos mais importantes escritores e militantes da causa do País. Ainda jovem, aprendeu a trabalhar com tipografia e, em 1902, começou a contribuir para a imprensa brasileira, escrevendo para pequenos veículos de comunicação. Em jornais de maior circulação, começou a escrever em…

LIMA BARRETO: Filho de escravos em um Brasil que lutava para abolir oficialmente a escravidão, Afonso Henriques de Lima Barreto teve oportunidade de boa instrução escolar, vindo a tornar-se jornalista e um dos mais importantes escritores e militantes da causa do País. Ainda jovem, aprendeu a trabalhar com tipografia e, em 1902, começou a contribuir para a imprensa brasileira, escrevendo para pequenos veículos de comunicação. Em jornais de maior circulação, começou a escrever em…

“Remington portátil, a máquina de escrever dos fazendeiros. Seu uso é tão simples que está ao alcance de todos, independentemente de instruções especiais”.    Anúncio publicado na revista A fazenda Moderna, em janeiro de 1927. Reproduzida do livro ‘A imprensa rural no Brasil – histórias da agricultura e da propaganda agrícola’ (Dias, João Castanho;Editora Barleus, 2011).

“Remington portátil, a máquina de escrever dos fazendeiros. Seu uso é tão simples que está ao alcance de todos, independentemente de instruções especiais”. Anúncio publicado na revista A fazenda Moderna, em janeiro de 1927. Reproduzida do livro ‘A imprensa rural no Brasil – histórias da agricultura e da propaganda agrícola’ (Dias, João Castanho;Editora Barleus, 2011).

Como futura Jornalista eu me sinto pessoalmente triste com esse tipo de cena que me deparei. Quantas histórias não aconteceram dentro da redação do "El Diário Espanhol" e em volta dela? Quantos intelectuais uruguaios já não passaram por aquelas redondezas aproveitando a boemia que o bairro proporcionava? Além disso, apesar de nem formada eu estar, guardo comigo certa nostalgia quando são as redações dos jornais. Máquinas de escrever, bagunça e tudo isso sendo permeado pelo cheiro dos…

Como futura Jornalista eu me sinto pessoalmente triste com esse tipo de cena que me deparei. Quantas histórias não aconteceram dentro da redação do "El Diário Espanhol" e em volta dela? Quantos intelectuais uruguaios já não passaram por aquelas redondezas aproveitando a boemia que o bairro proporcionava? Além disso, apesar de nem formada eu estar, guardo comigo certa nostalgia quando são as redações dos jornais. Máquinas de escrever, bagunça e tudo isso sendo permeado pelo cheiro dos…

Em 1975, fundou o movimento sindical no Acre, com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Brasiléia e de Xapuri, em 1977. A imagem mostra Chico Mendes em sua sala na sede do sindicato de Xapuri, onde usava a máquina de escrever para apresentar denúncias às autoridades e escrever textos-denúncias enviados aos jornais de Rio Branco

Em 1975, fundou o movimento sindical no Acre, com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Brasiléia e de Xapuri, em 1977. A imagem mostra Chico Mendes em sua sala na sede do sindicato de Xapuri, onde usava a máquina de escrever para apresentar denúncias às autoridades e escrever textos-denúncias enviados aos jornais de Rio Branco

Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo
Pesquisar