A Nebulosa do Pelicano fica a 2.000 anos-luz de distância de nós, na constelação do Cisne. Ela é rica em formação de estrelas.

8 estonteantes GIFs espaciais

A Nebulosa do Pelicano fica a 2.000 anos-luz de distância de nós, na constelação do Cisne. Ela é rica em formação de estrelas.

HELLBLOG: Oxigênio no cometa desafia teorias da formação do ...

HELLBLOG: Oxigênio no cometa desafia teorias da formação do ...

Nebulosa da Chama (Flame Nebula, NGC 2024). Nebulosas são nuvens de poeira e gás, de formação de estrelas, conhecidas como “Berço das Estrelas”. Descoberta por Willian Herschel, em 1786, a NGC 2024, localizada na constelação de Orion, está a uma distância de 1500 anos-luz do Sistema Solar.   Crédito: European Southern Observatory (ESO)

Nebulosa da Chama (Flame Nebula, NGC 2024). Nebulosas são nuvens de poeira e gás, de formação de estrelas, conhecidas como “Berço das Estrelas”. Descoberta por Willian Herschel, em 1786, a NGC 2024, localizada na constelação de Orion, está a uma distância de 1500 anos-luz do Sistema Solar. Crédito: European Southern Observatory (ESO)

Estudo de estrelas de formato exótico ajuda a entender a formação do Sistema Solar | AGÊNCIA FAPESP

Estudo de estrelas de formato exótico ajuda a entender a formação do Sistema Solar | AGÊNCIA FAPESP

A lenda da formação do sistema solar

A lenda da formação do sistema solar

A poeira cósmica é formada por partículas que estão no Universo desde a formação do Sistema Solar, e tem caído na Terra. Antes as partículas de 0,01 mm eram procuradas no gelo da Antártida. Um estudo do Imperial College London, na Inglaterra, achou a poeira em plena cidade. Cientistas juntaram 300 kg de sedimentos presos em calhas e telhados de Paris, Oslo e Berlim. Usaram o magnetismo para separar a poeira cósmica e encontraram 500 partículas.

A poeira cósmica é formada por partículas que estão no Universo desde a formação do Sistema Solar, e tem caído na Terra. Antes as partículas de 0,01 mm eram procuradas no gelo da Antártida. Um estudo do Imperial College London, na Inglaterra, achou a poeira em plena cidade. Cientistas juntaram 300 kg de sedimentos presos em calhas e telhados de Paris, Oslo e Berlim. Usaram o magnetismo para separar a poeira cósmica e encontraram 500 partículas.

Porque motivo são os planetas redondos? A resposta podem ser encontrada na forma como funciona a gravidade e a formação do nosso sistema solar.

Porque motivo são os planetas redondos? A resposta podem ser encontrada na forma como funciona a gravidade e a formação do nosso sistema solar.

Universo. Astronomia.

Universo. Astronomia.

Nasa - Sucessor do Hubble, o Telescópio Espacial James Webb terá o objetivo de descobrir as primeiras galáxias formadas e estudar cada fase da história do Universo, desde os primeiros momentos após o Bib Gang até a formação do Sistema Solar. O telescópio será enviado ao espaço em outubro de 2018.

Nasa - Sucessor do Hubble, o Telescópio Espacial James Webb terá o objetivo de descobrir as primeiras galáxias formadas e estudar cada fase da história do Universo, desde os primeiros momentos após o Bib Gang até a formação do Sistema Solar. O telescópio será enviado ao espaço em outubro de 2018.

São Paulo - A sonda Cassini, da Nasa, encontrou evidências de que meteoros se chocam com os anéis do planeta Saturno. A análise pode ajudar os cientistas a entender a formação do Sistema Solar.

São Paulo - A sonda Cassini, da Nasa, encontrou evidências de que meteoros se chocam com os anéis do planeta Saturno. A análise pode ajudar os cientistas a entender a formação do Sistema Solar.

Pinterest
Pesquisar