É importante estar atento as quinas da peça a ser infundida, pois a resina sempre flui pelo espaço mais fácil. Caso sua peça seja cercada pela resina você terá um espaço branco, formando uma "ilha" impedido que o vácuo atue no local e, por consequência, a resina não impregnará totalmente, danificando o laminado.  Saiba mais sobre a infusão em materiais compostos lendo o livro Métodos Avançados de Construção em Composites.  http://manualdeconstrucaodebarcos.com.br/

É importante estar atento as quinas da peça a ser infundida, pois a resina sempre flui pelo espaço mais fácil. Caso sua peça seja cercada pela resina você terá um espaço branco, formando uma "ilha" impedido que o vácuo atue no local e, por consequência, a resina não impregnará totalmente, danificando o laminado. Saiba mais sobre a infusão em materiais compostos lendo o livro Métodos Avançados de Construção em Composites. http://manualdeconstrucaodebarcos.com.br/

"Antes de selar a Bolsa de Vácuo no perímetro da peça, deve-se nos certificar que há tamanho suficiente para que esta conforme toda peça. Empiricamente, pode-se afirmar que 30% a mais que o maior corte transversal e longitudinal da peça é suficiente para que a bolsa possa conformar o molde. Com tamanho já definido a bolsa deve ser vedada com #tackytape em todo perímetro do molde, utilizando o flange de corte como área de trabalho..."

"Antes de selar a Bolsa de Vácuo no perímetro da peça, deve-se nos certificar que há tamanho suficiente para que esta conforme toda peça. Empiricamente, pode-se afirmar que 30% a mais que o maior corte transversal e longitudinal da peça é suficiente para que a bolsa possa conformar o molde. Com tamanho já definido a bolsa deve ser vedada com #tackytape em todo perímetro do molde, utilizando o flange de corte como área de trabalho..."

“Faça o ajuste e corte com precisão para evitar espaços vazios entre as placas. Retire o piso já ajustado e coloque adesivo sobre os topos das cavernas transversais e da longarina longitudinal do fundo. Apoie agora o piso e fixe-o com parafusos sobre as cavernas. Coloque os parafusos bem nos cantos do painel, pois logo que o adesivo secar eles vão ser removidos e os furos deixados por eles vão ser fechados pela laminação entre o piso e a parede vertical do cockpit.”

“Faça o ajuste e corte com precisão para evitar espaços vazios entre as placas. Retire o piso já ajustado e coloque adesivo sobre os topos das cavernas transversais e da longarina longitudinal do fundo. Apoie agora o piso e fixe-o com parafusos sobre as cavernas. Coloque os parafusos bem nos cantos do painel, pois logo que o adesivo secar eles vão ser removidos e os furos deixados por eles vão ser fechados pela laminação entre o piso e a parede vertical do cockpit.”

“A caixa de bolina deve ser medida com precisão nos desenhos de fabricação. Depois pré corte os painéis em forma de uma caixa com as faces longitudinais passando sobre as transversais. Cole inicialmente as faces transversais sobre um dos lados da caixa de bolina. Utilize uma colagem de filete com resina epoxy. O filete deve ter um raio de 10 e 20mm. Limpe o excesso de massa logo após a aplicação.”

“A caixa de bolina deve ser medida com precisão nos desenhos de fabricação. Depois pré corte os painéis em forma de uma caixa com as faces longitudinais passando sobre as transversais. Cole inicialmente as faces transversais sobre um dos lados da caixa de bolina. Utilize uma colagem de filete com resina epoxy. O filete deve ter um raio de 10 e 20mm. Limpe o excesso de massa logo após a aplicação.”

“O corte da espuma de PVC pode ser feito com uma lâmina de faca ou com uma serra de fita. As densidades de 60kg/m³ e 80kg/m³ cortam facilmente com uma lâmina enquanto que as densidades a partir de 100kg/m³ vão precisar de uma serra elétrica. O corte com a lâmina sobre os quadriculados da espuma pode ser feito diretamente no local onde a placa de espuma vai ser colada. Pode-se usar a própria linha do corte da espuma ou então, uma régua de madeira ou alumínio.” #Core #Composites #DicaDoMCB

“O corte da espuma de PVC pode ser feito com uma lâmina de faca ou com uma serra de fita. As densidades de 60kg/m³ e 80kg/m³ cortam facilmente com uma lâmina enquanto que as densidades a partir de 100kg/m³ vão precisar de uma serra elétrica. O corte com a lâmina sobre os quadriculados da espuma pode ser feito diretamente no local onde a placa de espuma vai ser colada. Pode-se usar a própria linha do corte da espuma ou então, uma régua de madeira ou alumínio.” #Core #Composites #DicaDoMCB

“Caso não haja escolha, ou se a escolha técnica for construir um laminado sólido, o construtor deve fazer os testes de fluxo e permeabilidade, de modo a determinar a quantidade e o espaçamento de linhas de resina. Para a infusão de laminados sólidos, as linhas devem ser instaladas em paralelo e devem ser abertas em sequência. As linhas devem ter diâmetro suficiente e possuir uma grande quantidade de entradas de resina.”

“Caso não haja escolha, ou se a escolha técnica for construir um laminado sólido, o construtor deve fazer os testes de fluxo e permeabilidade, de modo a determinar a quantidade e o espaçamento de linhas de resina. Para a infusão de laminados sólidos, as linhas devem ser instaladas em paralelo e devem ser abertas em sequência. As linhas devem ter diâmetro suficiente e possuir uma grande quantidade de entradas de resina.”

"A maior vantagem da construção em composites com painéis do tipo Power Flex é o número reduzido de maquinário e ferramentas, assim como o investimento inicial para a construção. Normalmente, este conjunto não é muito maior que o jogo de ferramentas que se tem disponível para pequenos reparos. Em geral vão ser necessários martelo, formão, chaves de fenda lixadeira, serra tico-tico e ferramentas para laminação de fibra de vidro." www.manualdeconstrucaodebarcos.com.br

"A maior vantagem da construção em composites com painéis do tipo Power Flex é o número reduzido de maquinário e ferramentas, assim como o investimento inicial para a construção. Normalmente, este conjunto não é muito maior que o jogo de ferramentas que se tem disponível para pequenos reparos. Em geral vão ser necessários martelo, formão, chaves de fenda lixadeira, serra tico-tico e ferramentas para laminação de fibra de vidro." www.manualdeconstrucaodebarcos.com.br

"Os materiais mais utilizados, para núcleo de construção em sistema sandwich, são as espumas de PVC. Para colar o material sandwich, pressiona-se o núcleo contra uma camada de resina ainda molhada com um pequeno rolo de ferro. A passagem do rolo deve ser feita de forma ordenada, de uma extremidade para a outra, de modo que as placas de acomodem de forma natural, removendo bolhas de ar na linha de colagem..."

"Os materiais mais utilizados, para núcleo de construção em sistema sandwich, são as espumas de PVC. Para colar o material sandwich, pressiona-se o núcleo contra uma camada de resina ainda molhada com um pequeno rolo de ferro. A passagem do rolo deve ser feita de forma ordenada, de uma extremidade para a outra, de modo que as placas de acomodem de forma natural, removendo bolhas de ar na linha de colagem..."

"Após a aplicação do adesivo, devem ser aplicadas as espumas de PVC Divinycell. Para que não fiquem bolhas encapsuladas entre as placas e o filme adesivo, é necessário usar um rolo vibrador..."

"Após a aplicação do adesivo, devem ser aplicadas as espumas de PVC Divinycell. Para que não fiquem bolhas encapsuladas entre as placas e o filme adesivo, é necessário usar um rolo vibrador..."

“O construtor deve, em todos os estágios da montagem do picadeiro e das cavernas, verificar a continuidade das linhas com o auxílio de um virote de madeira. Logo que toda a estrutura base estiver pronta, a primeira etapa é fixar as placas planas pré fabricadas. Elas devem preferencialmente ter faces laminadas com #PeelPly, para garantir uma colagem secundária perfeita no resto da estrutura. Já a montagem das placas que compõem a antepara de entrada da cabine e a lateral do cockpit, devem…

“O construtor deve, em todos os estágios da montagem do picadeiro e das cavernas, verificar a continuidade das linhas com o auxílio de um virote de madeira. Logo que toda a estrutura base estiver pronta, a primeira etapa é fixar as placas planas pré fabricadas. Elas devem preferencialmente ter faces laminadas com #PeelPly, para garantir uma colagem secundária perfeita no resto da estrutura. Já a montagem das placas que compõem a antepara de entrada da cabine e a lateral do cockpit, devem…

Pinterest
Pesquisar