Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Genero De Musica

de Trip

Sobre machismo no Brasil: desculpem, amigos, mas vamos ser chatas!

Sobre machismo no Brasil: desculpem, amigos, mas vamos ser chatas! - Berlim manda avisar - Blogs Revista TPM

102
33

Há 40 anos que é assim. A Festa do Avante enche de música, de teatro e de letras um espaço que, este ano, quase ocupou o equivalente a 30 estádios de futebol. Houve mais de cem concertos, de todos os géneros e para todos os gostos. E, claro, houve muita política, que culminou no discurso de rentrée dos comunistas no ano parlamentar que se avizinha. O PCP diz que “não há festa como esta” e o Expresso mostra através de 15 fotografias o que querem eles dizer com isso

Há 40 anos que é assim. A Festa do Avante enche de música, de teatro e de letras um espaço que, este ano, quase ocupou o equivalente a 30 estádios de futebol. Houve mais de cem concertos, de todos os géneros e para todos os gostos. E, claro, houve muita política, que culminou no discurso de rentrée dos comunistas no ano parlamentar que se avizinha. O PCP diz que “não há festa como esta” e o Expresso mostra através de 15 fotografias o que querem eles dizer com isso

Há 40 anos que é assim. A Festa do Avante enche de música, de teatro e de letras um espaço que, este ano, quase ocupou o equivalente a 30 estádios de futebol. Houve mais de cem concertos, de todos os géneros e para todos os gostos. E, claro, houve muita política, que culminou no discurso de rentrée dos comunistas no ano parlamentar que se avizinha. O PCP diz que “não há festa como esta” e o Expresso mostra através de 15 fotografias o que querem eles dizer com isso

Há 40 anos que é assim. A Festa do Avante enche de música, de teatro e de letras um espaço que, este ano, quase ocupou o equivalente a 30 estádios de futebol. Houve mais de cem concertos, de todos os géneros e para todos os gostos. E, claro, houve muita política, que culminou no discurso de rentrée dos comunistas no ano parlamentar que se avizinha. O PCP diz que “não há festa como esta” e o Expresso mostra através de 15 fotografias o que querem eles dizer com isso

Há 40 anos que é assim. A Festa do Avante enche de música, de teatro e de letras um espaço que, este ano, quase ocupou o equivalente a 30 estádios de futebol. Houve mais de cem concertos, de todos os géneros e para todos os gostos. E, claro, houve muita política, que culminou no discurso de rentrée dos comunistas no ano parlamentar que se avizinha. O PCP diz que “não há festa como esta” e o Expresso mostra através de 15 fotografias o que querem eles dizer com isso

Há 40 anos que é assim. A Festa do Avante enche de música, de teatro e de letras um espaço que, este ano, quase ocupou o equivalente a 30 estádios de futebol. Houve mais de cem concertos, de todos os géneros e para todos os gostos. E, claro, houve muita política, que culminou no discurso de rentrée dos comunistas no ano parlamentar que se avizinha. O PCP diz que “não há festa como esta” e o Expresso mostra através de 15 fotografias o que querem eles dizer com isso