O pé-direito duplo da sala valoriza o ambiente e contribui para o aproveitamento da iluminação natural e a vista do bosque.

O pé-direito duplo da sala valoriza o ambiente e contribui para o aproveitamento da iluminação natural e a vista do bosque.

Jardim interno na área abaixo da escada. Proposta de poucos tipos de vegetação: um Filodendro, algumas forrações, pedrisco e elemento ornamental de iluminação. Projeto de Lilia Toti.

16 jardins sem grama projetados por profissionais do CasaPRO

Jardim interno na área abaixo da escada. Proposta de poucos tipos de vegetação: um Filodendro, algumas forrações, pedrisco e elemento ornamental de iluminação. Projeto de Lilia Toti.

Casa de praia rústica tem ambientes integrados e madeira

Casa de praia rústica tem ambientes integrados e madeira

Escadas: O vidro dá leveza à estrutura de tatajuba que leva às suítes no piso superior. Além disso, a transparência propicia a melhor vista da casa para o mar e deixa a iluminação natural banhar o interior (Foto: Tarso Figueira/Divulgação)

Lumini

Lumini

CASA COR SP 2016 - Sala Íntima - Alexandre Dal Fabbro. As quatro vigas e a escada existentes no espaço foram assimiladas ao projeto, que explora os volumes e a espacialidade. O arquiteto desenhou um móvel multifuncional em forma de caixa, que serve de aparador, biblioteca, bar, lareira e apoio para o laptop - e o traçado foi realçado pela iluminação. Um sofá de grandes dimensões, da Montenapoleone com tecido da Entreposto, acompanha a escala do ambiente.

SP 2016: a cobertura completa dos 70 espaços da mostra

CASA COR SP 2016 - Sala Íntima - Alexandre Dal Fabbro. As quatro vigas e a escada existentes no espaço foram assimiladas ao projeto, que explora os volumes e a espacialidade. O arquiteto desenhou um móvel multifuncional em forma de caixa, que serve de aparador, biblioteca, bar, lareira e apoio para o laptop - e o traçado foi realçado pela iluminação. Um sofá de grandes dimensões, da Montenapoleone com tecido da Entreposto, acompanha a escala do ambiente.

A escada de madeira maciça ipê que dá acesso à cobertura deste duplex ganhou mais uma função no projeto da arquiteta Marina Linhares. Ela criou uma estante para guardar livros na área ociosa embaixo dos degraus

Debaixo da escada

A escada de madeira maciça ipê que dá acesso à cobertura deste duplex ganhou mais uma função no projeto da arquiteta Marina Linhares. Ela criou uma estante para guardar livros na área ociosa embaixo dos degraus

Escadas transformam o visual dos ambientes da casa

Escadas transformam o visual dos ambientes da casa

No terraço de 120 m² desta casa, o muro de 5 m de altura recebeu réguas de ipê. Os degraus de concreto da escada, revestidos de lambris da mesma madeira, parecem flutuar. Sob ela, palmeiras ráfis com forração de grama-pêlo-de-urso e beijinhos compõem o canteiro de 2,50 x 0,90 m. As plantas maiores são podadas toda semana para evitar que atrapalhem o uso da escada. Projeto de Rita Santiago.

O que fazer com o espaço embaixo da escada?

No terraço de 120 m² desta casa, o muro de 5 m de altura recebeu réguas de ipê. Os degraus de concreto da escada, revestidos de lambris da mesma madeira, parecem flutuar. Sob ela, palmeiras ráfis com forração de grama-pêlo-de-urso e beijinhos compõem o canteiro de 2,50 x 0,90 m. As plantas maiores são podadas toda semana para evitar que atrapalhem o uso da escada. Projeto de Rita Santiago.

As Escadas Internas de Madeira vem sendo bastante utilizadas pelas pessoas, conheça 16 Modelos para inspirar você na hora de construir sua casa.

Escadas Internas de Madeira - 16 Modelos para inspirar

As Escadas Internas de Madeira vem sendo bastante utilizadas pelas pessoas, conheça 16 Modelos para inspirar você na hora de construir sua casa.

Casa 1. Uma das máximas do projeto, a manutenção fácil determinou a escolha do piso de granilite polido (Revestimento Vilar), com juntas de dilatação, no mesmo tom acinzentado da construção. Já o caminho da tubulação elétrica aparente (Santil) foi estudado para garantir efeito visual e iluminação cenográfca. As esquadrias são de alumínio com pintura anodizada preta (Integral Sudeste). A escada foi pintada de azul e parece uma escultura

Sobrados econômicos construídos por (e para) dois arquitetos

Casa 1. Uma das máximas do projeto, a manutenção fácil determinou a escolha do piso de granilite polido (Revestimento Vilar), com juntas de dilatação, no mesmo tom acinzentado da construção. Já o caminho da tubulação elétrica aparente (Santil) foi estudado para garantir efeito visual e iluminação cenográfca. As esquadrias são de alumínio com pintura anodizada preta (Integral Sudeste). A escada foi pintada de azul e parece uma escultura

Pinterest
Pesquisar