Promessa de controle da ação dos flanelinas fica só no papel  Companhia de Trânsito prometeu reforçar fiscalização no Centro do Recife, mas a bagunça continua  - Apesar do anúncio de reforço na fiscalização por parte da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) nas vagas da Zona Azul, desde a última terça-feira, a desordem continua no Centro do Recife. O Jornal do Commercio circulou por alguns locais da área central da cidade e percebeu que os agentes estão nas ruas, mas o problema…

Promessa de controle da ação dos flanelinas fica só no papel Companhia de Trânsito prometeu reforçar fiscalização no Centro do Recife, mas a bagunça continua - Apesar do anúncio de reforço na fiscalização por parte da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) nas vagas da Zona Azul, desde a última terça-feira, a desordem continua no Centro do Recife. O Jornal do Commercio circulou por alguns locais da área central da cidade e percebeu que os agentes estão nas ruas, mas o problema…

Bicicleta do Projeto Porto Leve aparece sem pneu  Uma das bicicletas do Projeto Porto Leve, uma parceria entre a Prefeitura do Recife e o Porto Digital e que tem por objetivo incentivar a mobilidade na área central do Recife, apareceu, na manhã desta segunda-feira (14), sem um dos pneus. A bike está na estação localizada na Rua do Lima, em Santo Amaro. A reportagem do Jornal do Commercio tentou entrar em contato com os assessores do projeto para saber se a retirada do pneu da bicicleta fo

Bicicleta do Projeto Porto Leve aparece sem pneu Uma das bicicletas do Projeto Porto Leve, uma parceria entre a Prefeitura do Recife e o Porto Digital e que tem por objetivo incentivar a mobilidade na área central do Recife, apareceu, na manhã desta segunda-feira (14), sem um dos pneus. A bike está na estação localizada na Rua do Lima, em Santo Amaro. A reportagem do Jornal do Commercio tentou entrar em contato com os assessores do projeto para saber se a retirada do pneu da bicicleta fo

João da Costa foi prefeito do Recife entre 2009 e 2012  Política/Pernambuco- Jornal do Commercio

João da Costa foi prefeito do Recife entre 2009 e 2012 Política/Pernambuco- Jornal do Commercio

SJCC cria fórum permanente para manter a Cidade Viva O Recife é uma cidade plural, rica em beleza e oportunidades. Mas como toda capital, enfrenta graves problemas urbanos como trânsito caótico, moradias irregulares, alagamentos, bairros que cresceram sem qualquer planejamento. Para debater esses problemas e propor soluções, o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC) lança o programa Cidade Viva,  Publicado em 13.04.2013, às 14h04 (Leia [+] clicando na imagem)

SJCC cria fórum permanente para manter a Cidade Viva O Recife é uma cidade plural, rica em beleza e oportunidades. Mas como toda capital, enfrenta graves problemas urbanos como trânsito caótico, moradias irregulares, alagamentos, bairros que cresceram sem qualquer planejamento. Para debater esses problemas e propor soluções, o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC) lança o programa Cidade Viva, Publicado em 13.04.2013, às 14h04 (Leia [+] clicando na imagem)

Ele nasceu em Recife, em 1978, e iniciou os trabalhos no Jornal do Commercio (JC), em Recife, Pernambuco. Depois trabalhou para a agência JC Imagens, entre 2004 e 2011.

Homenagem: veja fotos de Alexandre Severo, fotógrafo que faleceu no acidente aéreo de Eduardo Campos

Ele nasceu em Recife, em 1978, e iniciou os trabalhos no Jornal do Commercio (JC), em Recife, Pernambuco. Depois trabalhou para a agência JC Imagens, entre 2004 e 2011.

A convite do Jornal do Commercio, o bailarino Jorge Kildery dança o Recife para as lentes do fotógrafo André Nery.

A convite do Jornal do Commercio, o bailarino Jorge Kildery dança o Recife para as lentes do fotógrafo André Nery.

jornais de Pernambuco continuam brigando com os fatos. Depois de “esconderem” o nome do ex-governador Eduardo Campos (PSB), acusado de ser um dos beneficiados da quadrilha presa pela Operação Turbulência da semana passada, o Diário de Pernambuco e o Jornal do Commercio se uniram na mesma censura “branca”. Tiraram de sua primeira página, qualquer menção a  operação feita, ontem, em São Paulo, Brasília e Recife e que tem o Cone Sul do grupo pernambucano Moura Dubeux no epicentro do escândalo.

jornais de Pernambuco continuam brigando com os fatos. Depois de “esconderem” o nome do ex-governador Eduardo Campos (PSB), acusado de ser um dos beneficiados da quadrilha presa pela Operação Turbulência da semana passada, o Diário de Pernambuco e o Jornal do Commercio se uniram na mesma censura “branca”. Tiraram de sua primeira página, qualquer menção a operação feita, ontem, em São Paulo, Brasília e Recife e que tem o Cone Sul do grupo pernambucano Moura Dubeux no epicentro do escândalo.

Anuncio "Ofertas Maio - IPI reduzido" Cliente: Disnove Kia Recife. Agência: 3Pontos Comunicação. Campanha: Varejo. Título: "ofertas de maio, IPI reduzido". Peça: Anúncio. Atendimento: Guto Reis / Pedro Diniz. Direção de criação: Sergio Teixeira. Direção de arte: Fábio Sobral. Redação: Beth Almeida. Mídia: Guto Reis / Camila Coelho. Veículo: Jornal do Commercio - Recife

Anuncio "Ofertas Maio - IPI reduzido" Cliente: Disnove Kia Recife. Agência: 3Pontos Comunicação. Campanha: Varejo. Título: "ofertas de maio, IPI reduzido". Peça: Anúncio. Atendimento: Guto Reis / Pedro Diniz. Direção de criação: Sergio Teixeira. Direção de arte: Fábio Sobral. Redação: Beth Almeida. Mídia: Guto Reis / Camila Coelho. Veículo: Jornal do Commercio - Recife

6 mil usuários que utilizam a linha devem fazer o pagamento das passagens através do VEM  Cidades/JC Trânsito- Jornal do Commercio

6 mil usuários que utilizam a linha devem fazer o pagamento das passagens através do VEM Cidades/JC Trânsito- Jornal do Commercio

Lampião foi o inventor do "rifle peado" - amarrava-se um lenço (ou pedaço de correia) na alavanca da arma. Depois, era só acioná-la para que as detonações se sucedessem como numa metralhadora (a depender da habilidade de quem a utilizava).  Publicação do Jornal do Commercio - Recife PE

Lampião foi o inventor do "rifle peado" - amarrava-se um lenço (ou pedaço de correia) na alavanca da arma. Depois, era só acioná-la para que as detonações se sucedessem como numa metralhadora (a depender da habilidade de quem a utilizava). Publicação do Jornal do Commercio - Recife PE

Pinterest
Pesquisar