Te dou.  Sem ter porque, nem por razão, ou coisa outra qualquer..." talvez pra sentir esse seu afeto compulsivo, dado sem dó, com vontade, EXPLÍCITO" =)

Te dou. Sem ter porque, nem por razão, ou coisa outra qualquer..." talvez pra sentir esse seu afeto compulsivo, dado sem dó, com vontade, EXPLÍCITO" =)

Mas talvez você não entenda, essa coisa de fazer o mundo acreditar, que meu amor, não seja passageiro, te amarei de janeiro a janeiro, até o mundo acabar... | De Janeiro a Janeiro | Nando Reis

Mas talvez você não entenda, essa coisa de fazer o mundo acreditar, que meu amor, não seja passageiro, te amarei de janeiro a janeiro, até o mundo acabar... | De Janeiro a Janeiro | Nando Reis

Pra você guardei o amor que nunca soube dar. O amor que tive e vi sem me deixar, sentir sem conseguir provar, sem entregar e repartir. Nando Reis.

Pra você guardei o amor que nunca soube dar. O amor que tive e vi sem me deixar, sentir sem conseguir provar, sem entregar e repartir. Nando Reis.

Pinterest
Pesquisar