Mulheres biônicas, robóticas e ciborgues nas ilustrações de ficção científica de Adrian Dadich

Mulheres biônicas, robóticas e ciborgues nas ilustrações de ficção científica de Adrian Dadich

Quan Yin, Goddess of Compassion, Watercolor on paper, carolsmartinez©

Quan Yin, Goddess of Compassion, Watercolor on paper, carolsmartinez©

Peter Mohrbacher deviantart ilustrações fantasia sombria card games magic gathering anjos

Peter Mohrbacher deviantart ilustrações fantasia sombria card games magic gathering anjos

.Demônios, Saiam já dos meus caminhos! Que seja desfeito agora todo o trabalho de macumba contra a minha vida! Em nome de Jesus! E que meu corpo esteja fechado pela presença do Espírito Santo.Eu tomo posse da minha libertação em nome de Jesus Cristo!Senhor, criador dos céu e da terra, se por ventura contra minha vida existe um mal tentando me atrapalhar , vai embora agora em nome de Jesus Cristo! Digo inveja, Sai! Obra de Macumbaria Saí Agora! Desapareça Em Nome Jesus Cristo!

.Demônios, Saiam já dos meus caminhos! Que seja desfeito agora todo o trabalho de macumba contra a minha vida! Em nome de Jesus! E que meu corpo esteja fechado pela presença do Espírito Santo.Eu tomo posse da minha libertação em nome de Jesus Cristo!Senhor, criador dos céu e da terra, se por ventura contra minha vida existe um mal tentando me atrapalhar , vai embora agora em nome de Jesus Cristo! Digo inveja, Sai! Obra de Macumbaria Saí Agora! Desapareça Em Nome Jesus Cristo!

Valorize quem valoriza você e não trate como prioridade quem te trata como opção

Valorize quem valoriza você e não trate como prioridade quem te trata como opção

Irmã Dulce  -1914-1992 –    O Anjo Bom da Bahia,   aos 7 anos ficou órfã de mãe, Aos 13 anos  atendia os necessitados  na sua  casa, conhecida como “A Portaria de São Francisco”. Aos 19 anos,  “Maria Rita” -  nome de batismo -  , entrou para a Congregação  Missionárias da Im.    Mãe de Deus, Sergipe, recebendo  o hábito de freira e  o nome de irmã Dulce, homenagem à sua mãe.  De corpo franzino e saúde precária, nos mais de 50 anos  criou instituições, destacando-se o Hosp.  Sto Antônio,

Irmã Dulce -1914-1992 – O Anjo Bom da Bahia, aos 7 anos ficou órfã de mãe, Aos 13 anos atendia os necessitados na sua casa, conhecida como “A Portaria de São Francisco”. Aos 19 anos, “Maria Rita” - nome de batismo - , entrou para a Congregação Missionárias da Im. Mãe de Deus, Sergipe, recebendo o hábito de freira e o nome de irmã Dulce, homenagem à sua mãe. De corpo franzino e saúde precária, nos mais de 50 anos criou instituições, destacando-se o Hosp. Sto Antônio,

Pinterest
Pesquisar