Tarsila do Amaral. A Boneca (1928) | Museu de Arte do Rio

Tarsila do Amaral. A Boneca (1928) | Museu de Arte do Rio

Calçadas da Cidade de Curitiba - Brasil //Esse trabalho, é uma obra de arte , feito com pequenos pedaços de pedras encaixadas e formando desenhos. A pedra petit-pavè deu nome a esse  tipo de calçada, embora  seja um pesadelo para mulheres com salto alto e para idosos, faz parte da história de Curitiba.

Calçadas da Cidade de Curitiba - Brasil //Esse trabalho, é uma obra de arte , feito com pequenos pedaços de pedras encaixadas e formando desenhos. A pedra petit-pavè deu nome a esse tipo de calçada, embora seja um pesadelo para mulheres com salto alto e para idosos, faz parte da história de Curitiba.

Di Cavalcanti  (Emiliano Augusto Cavalcanti de Albuquerque e Melo), 1897-1976, Rio de Janeiro.                                                                                                                                                      Mais

Pinturas de Di Cavalcanti!

Di Cavalcanti (Emiliano Augusto Cavalcanti de Albuquerque e Melo), 1897-1976, Rio de Janeiro. Mais

Tarsila do Amaral

Tarsila do Amaral

"Porque é depois de conhecermos as Estrelas, que passamos a andar pela terra com o olhar virado para o céu."

Tchau Manoel

"Porque é depois de conhecermos as Estrelas, que passamos a andar pela terra com o olhar virado para o céu."

Bandeira do Brasil                                                                                                                                                     Mais

Bandeira do Brasil Mais

Tarsila do Amaral (Operários).

tarsila do amaral

Tarsila do Amaral (Operários).

pintura em tela frrutas - Pesquisa Google

pintura em tela frrutas - Pesquisa Google

Decoração de bom gosto reutilizando garrafas de vidro e pedaços de renda | Revista Artesanato

17 Garrafas Decoradas que Você vai Querer Fazer Hoje Mesmo!

Decoração de bom gosto reutilizando garrafas de vidro e pedaços de renda | Revista Artesanato

Carybé. Bico de pena, 1950, Museu de Arte da Bahia

Carybé. Bico de pena, 1950, Museu de Arte da Bahia

Pinterest
Pesquisar