BREVIÁRIO: Janeiro 2016

BREVIÁRIO: Janeiro 2016

Te amar, te amar, te amar e desprezar tudo o que é meu...

Te amar, te amar, te amar e desprezar tudo o que é meu...

Frei Francisco: CONSCIÊNCIA

Frei Francisco: CONSCIÊNCIA

Consagrada para amar

Consagrada para amar

Eucharistic Adoration: Make room for Jesus!

Eucharistic Adoration: Make room for Jesus!

Jesus Fonte de Luz: COMO DEVEMOS VENERAR CORRETAMENTE O SENHOR PRESENT...

Jesus Fonte de Luz: COMO DEVEMOS VENERAR CORRETAMENTE O SENHOR PRESENT...

escravadaimaculada:  “Jesus, Santissimo Sacramento de nossas almas Nós hoje te pedimos a graça de poder continuarPrincipalmente nos dias e n...

escravadaimaculada: “Jesus, Santissimo Sacramento de nossas almas Nós hoje te pedimos a graça de poder continuarPrincipalmente nos dias e n...

O DIVINO RESPLENDOR ADORNO - Tok&Stok - Com adornos confeccionados no município de Lagoa Dourada, em Minas Gerais, a coleção Divino reflete toda a beleza do artesanato regional. Em madeira maciça e acabamentos variados, as peças são representações iconográficas bíblicas do Divino Espírito Santo.

O DIVINO RESPLENDOR ADORNO - Tok&Stok - Com adornos confeccionados no município de Lagoa Dourada, em Minas Gerais, a coleção Divino reflete toda a beleza do artesanato regional. Em madeira maciça e acabamentos variados, as peças são representações iconográficas bíblicas do Divino Espírito Santo.

Defensores da Igreja de 2000 anos

Defensores da Igreja de 2000 anos

Custódia de prata de lei com vermeil, repuxada e cinzelada, teor 833/1000; base recortada de cantos côncavos sob fuste bojudo, encimados por ostensório com visor de vidro e portinhola, na parte de trás guarnecido por quatro colunelos cilíndricos e fusos; delicada, rica e fina decoração, típica dos grandes mestres da ourivesaria; 45 cm de altura total; sem marcas de identificação. Brasil, séc. XVII.

Custódia de prata de lei com vermeil, repuxada e cinzelada, teor 833/1000; base recortada de cantos côncavos sob fuste bojudo, encimados por ostensório com visor de vidro e portinhola, na parte de trás guarnecido por quatro colunelos cilíndricos e fusos; delicada, rica e fina decoração, típica dos grandes mestres da ourivesaria; 45 cm de altura total; sem marcas de identificação. Brasil, séc. XVII.

Pinterest
Pesquisar