Pétalas Soltas

Pétalas Soltas

Concretismo - Augusto de campos

Concretismo - Augusto de campos

Rapadura Cult: Outubro 2011 - poema concreto de augusto de campos

Rapadura Cult: Outubro 2011 - poema concreto de augusto de campos

Especiais sao as pessoas que nos piores momentes te fazem rir

Especiais sao as pessoas que nos piores momentes te fazem rir

Se até os cactos que são

Se até os cactos que são

Nele cabe o que não cabe na despensa ♥

Nele cabe o que não cabe na despensa ♥

Falam que o tempo apaga tudo. Tempo não apaga, tempo adormece. - Rachel de Queiroz

Falam que o tempo apaga tudo. Tempo não apaga, tempo adormece. - Rachel de Queiroz

Aprender a Aprender!!!: Poemas Concretos

Aprender a Aprender!!!: Poemas Concretos

Mais uma da minha afilhada () Isa G. do @amargoemeio. Quem quiser passa lá pra conferir a arte dela, é linda.

Mais uma da minha afilhada () Isa G. do @amargoemeio. Quem quiser passa lá pra conferir a arte dela, é linda.

Adaptação audiovisual dos poemas concretos "Cinco" (de José Lino Grunewald, 1964), "Velocidade" (de Ronald Azeredo, 1957), "Cidade" (de Augusto de Campos, 1963), "Pêndulo" (de E.M. de Melo e Castro, 1961/62) e "O Organismo" (de Décio Pignatari, 1960). Direção: Christian Caselli.

Adaptação audiovisual dos poemas concretos "Cinco" (de José Lino Grunewald, 1964), "Velocidade" (de Ronald Azeredo, 1957), "Cidade" (de Augusto de Campos, 1963), "Pêndulo" (de E.M. de Melo e Castro, 1961/62) e "O Organismo" (de Décio Pignatari, 1960). Direção: Christian Caselli.

Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo
Pesquisar