A vida apenas serve para que possamos morrer. A morte é o grande dom da estrada...❤

A vida apenas serve para que possamos morrer. A morte é o grande dom da estrada...❤

A Morte Chega Cedo - Poema de Fernando Pessoa

A Morte Chega Cedo - Poema de Fernando Pessoa

A morte não é a maior perda da vida. A maior perda da vida é o que morre dentro de nós enquanto vivemos. (Pablo Picasso)

A morte não é a maior perda da vida. A maior perda da vida é o que morre dentro de nós enquanto vivemos. (Pablo Picasso)

A dor vai curar essas lástimas O soro tem gosto de lágrimas As flores tem cheiro de morte A dor vai fechar esses cortes

A dor vai curar essas lástimas O soro tem gosto de lágrimas As flores tem cheiro de morte A dor vai fechar esses cortes

Espero do fundo do meu coração que, daqui a alguns dias, quando a comoção pela morte da equipe da Chapecoense passar, as pessoas continuem amigas, solidárias, humanas. Este acidente veio confirmar que não somos nada, apenas estamos e que não sabemos até quando estaremos.

Espero do fundo do meu coração que, daqui a alguns dias, quando a comoção pela morte da equipe da Chapecoense passar, as pessoas continuem amigas, solidárias, humanas. Este acidente veio confirmar que não somos nada, apenas estamos e que não sabemos até quando estaremos.

Um poema de a Mario Quintana para celebrar o Dia Nacional da Poesia:  SER E ESTAR  A nuvem, a asa, o vento, a árvore, a pedra, o morto... tudo o que está em movimento, tudo o que está absorto... aparente é esse alento de vela rumando um porto como aparente é o jazimento de quem na terra achou conforto... pois tudo o que é está imerso neste respirar do universo – ora mais brando ora mais forte porém sem pausa definida – e curto é o prazo da vida... e curto é o prazo da morte.  Mario Quintana

Um poema de a Mario Quintana para celebrar o Dia Nacional da Poesia: SER E ESTAR A nuvem, a asa, o vento, a árvore, a pedra, o morto... tudo o que está em movimento, tudo o que está absorto... aparente é esse alento de vela rumando um porto como aparente é o jazimento de quem na terra achou conforto... pois tudo o que é está imerso neste respirar do universo – ora mais brando ora mais forte porém sem pausa definida – e curto é o prazo da vida... e curto é o prazo da morte. Mario Quintana

A decepção não mata!                                                                                                                                                                                 Mais

A decepção não mata! Mais

Eu sou uma nuvem, e de mim sai uma coluna da fogo. Mesmo triste minha luz brilha.

Eu sou uma nuvem, e de mim sai uma coluna da fogo. Mesmo triste minha luz brilha.

Ou rosa, ou animal print... Colorido!

Ou rosa, ou animal print... Colorido!

#Mensagem de #reflexao #espirita Leia a biografia de Santo Agostinho

#Mensagem de #reflexao #espirita Leia a biografia de Santo Agostinho

Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo
Pesquisar