A arqueóloga Gabriela Prestes Carneiro | “Seria muito importante expandir os estudos Zooarqueológicos a diferentes ambientes, tais como povoamentos do interior, das áreas de interfluviais e das zonas húmidas, a fim de construir uma compreensão regional e de longo prazo dos recursos animais e da sua relação com os povoamentos humanos.”

A arqueóloga Gabriela Prestes Carneiro | “Seria muito importante expandir os estudos Zooarqueológicos a diferentes ambientes, tais como povoamentos do interior, das áreas de interfluviais e das zonas húmidas, a fim de construir uma compreensão regional e de longo prazo dos recursos animais e da sua relação com os povoamentos humanos.”

O que atraiu os primeiros povoamentos para perto dos rios? Água. Água para banhar, cozinhar, pescar e beber, águas para navegar, água doce protegida por floresta. Não fosse essa água, o povoado também ali não seria, nem a futura vila, ou cidade, ou metrópole. Mas por que essas áreas tão estratégicas têm sido tão descuidadas ?

O que atraiu os primeiros povoamentos para perto dos rios? Água. Água para banhar, cozinhar, pescar e beber, águas para navegar, água doce protegida por floresta. Não fosse essa água, o povoado também ali não seria, nem a futura vila, ou cidade, ou metrópole. Mas por que essas áreas tão estratégicas têm sido tão descuidadas ?

Bodião-Verde e o Caboz -  O Caboz, Gobiusculus flavescens encontra-se em cardumes pouco móveis desde a zona das marés até cerca de 20 metros em povoamentos de algas laminárias e de ervas marinhas. Alimenta-se de pequenas minhocas e crustáceos. Com 7 meses já se pode reproduzir, mas raramente ultrapassa os dois anos de idade.

Bodião-Verde e o Caboz - O Caboz, Gobiusculus flavescens encontra-se em cardumes pouco móveis desde a zona das marés até cerca de 20 metros em povoamentos de algas laminárias e de ervas marinhas. Alimenta-se de pequenas minhocas e crustáceos. Com 7 meses já se pode reproduzir, mas raramente ultrapassa os dois anos de idade.

AVALIAÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO DIGITAL DE POVOAMENTOS FLORESTAIS EM IMAGENS DE SATÉLITE ATRAVÉS DE ÍNDICES DE ACURÁCIA

AVALIAÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO DIGITAL DE POVOAMENTOS FLORESTAIS EM IMAGENS DE SATÉLITE ATRAVÉS DE ÍNDICES DE ACURÁCIA

A imagem mais corriqueira que se tem das tribos pré-históricas amazônicas é que seu modo de vida era baseado na caça e na coleta de alimentos, pois na Amazônia central não haveria recursos para sustentar grandes povoamentos.

A imagem mais corriqueira que se tem das tribos pré-históricas amazônicas é que seu modo de vida era baseado na caça e na coleta de alimentos, pois na Amazônia central não haveria recursos para sustentar grandes povoamentos.

Povoamento indígena na cidade de São Paulo. Os Tupiniquim possuíam 3 povoamentos na área: Inhapuambuçu (possivelmente conhecido por Piratininga), Jerubatuba e  Ururaí. Tibiriçá chefiava a aldeia de Inhapuambuçu, onde seria edificado o colégio jesuítico. Em Santo Amaro ficava Jerubatuba, chefiada por Caiubi, suposto irmão de Tibiriçá. Em São Miguel ficava Ururaí, chefiada por Piquerobi, irmão de Tibiriçá / desenho de Vallandro Keating no Sitio Morrinhos (CENTRO DE ARQUEOLOGIA DE SÃO PAULO).

Povoamento indígena na cidade de São Paulo. Os Tupiniquim possuíam 3 povoamentos na área: Inhapuambuçu (possivelmente conhecido por Piratininga), Jerubatuba e Ururaí. Tibiriçá chefiava a aldeia de Inhapuambuçu, onde seria edificado o colégio jesuítico. Em Santo Amaro ficava Jerubatuba, chefiada por Caiubi, suposto irmão de Tibiriçá. Em São Miguel ficava Ururaí, chefiada por Piquerobi, irmão de Tibiriçá / desenho de Vallandro Keating no Sitio Morrinhos (CENTRO DE ARQUEOLOGIA DE SÃO PAULO).

Os quatro vigilantes do PN da Amazônia (PA), abandonaram seus postos de guarda depois de 5 meses sem salário. O parque - de mais de 1 milhão de hectares - ficou fechado para visitação e pesquisa. Seu acesso só é possível pela deserta R. Transamazônica, rota do tráfico internacional de drogas e do escoamento de madeira nobre e metais preciosos. A presença de policiais é raridade por ali. Embora insuficientes, os guardas cumprem o papel de intimidar os predadores (foram recontratados).

Áreas protegidas da Amazônia não protegem

Os quatro vigilantes do PN da Amazônia (PA), abandonaram seus postos de guarda depois de 5 meses sem salário. O parque - de mais de 1 milhão de hectares - ficou fechado para visitação e pesquisa. Seu acesso só é possível pela deserta R. Transamazônica, rota do tráfico internacional de drogas e do escoamento de madeira nobre e metais preciosos. A presença de policiais é raridade por ali. Embora insuficientes, os guardas cumprem o papel de intimidar os predadores (foram recontratados).

NIÈDE GUIDON | Natural de Jaú, interior de São Paulo, Niède Guidon nasceu em 1933. Formou-se em História Natural pela USP na década de 1950. Na década de 1970, morando na Europa por causa do golpe militar brasileiro de 1964, foi pesquisadora do Centre National de La Recherche Scientifique (CNRS), em Paris. Foi assistente da grande arqueóloga Annete Emperaire, que procurava pelo homem mais antigo do mundo.

As (outras) mulheres brasileiras sobre quem deveríamos aprender na escola

NIÈDE GUIDON | Natural de Jaú, interior de São Paulo, Niède Guidon nasceu em 1933. Formou-se em História Natural pela USP na década de 1950. Na década de 1970, morando na Europa por causa do golpe militar brasileiro de 1964, foi pesquisadora do Centre National de La Recherche Scientifique (CNRS), em Paris. Foi assistente da grande arqueóloga Annete Emperaire, que procurava pelo homem mais antigo do mundo.

Barracas de vendas de redes no Mercado de Otavalo, Equador. O mundialmente famoso mercado de artes aos sábados é um dos mais bem conhecidos dos Andes. Os tecelões indígenas de vilas ao redor de Otavalo estão entre os mais talentosos do Equador, e ganharam reconhecimento e prosperidade a nível internacional.  No entanto, você pode comprar qualquer dia no mercado de artesanato da Praça dos Ponchos.  Fotógrafo: Jeroen Bartos, via Flickr.

Barracas de vendas de redes no Mercado de Otavalo, Equador. O mundialmente famoso mercado de artes aos sábados é um dos mais bem conhecidos dos Andes. Os tecelões indígenas de vilas ao redor de Otavalo estão entre os mais talentosos do Equador, e ganharam reconhecimento e prosperidade a nível internacional. No entanto, você pode comprar qualquer dia no mercado de artesanato da Praça dos Ponchos. Fotógrafo: Jeroen Bartos, via Flickr.

A arqueologia moderna pinta o retrato de uma paisagem Amazônica mais densamente povoada, por uma variedade de comunidades pré-colombianas, e altamente manipulada. Hatahara remonta ainda mais ao passado mas, neste período, o povoamento expandiu-se até cobrir cerca de 20 ha, e os seus residentes produziram cerâmica, cultivaram culturas, e modificaram a cobertura vegetal de forma tão extensa que este estudo sugere uma “transformação intensa da paisagem relacionada com o crescimento da…

A arqueologia moderna pinta o retrato de uma paisagem Amazônica mais densamente povoada, por uma variedade de comunidades pré-colombianas, e altamente manipulada. Hatahara remonta ainda mais ao passado mas, neste período, o povoamento expandiu-se até cobrir cerca de 20 ha, e os seus residentes produziram cerâmica, cultivaram culturas, e modificaram a cobertura vegetal de forma tão extensa que este estudo sugere uma “transformação intensa da paisagem relacionada com o crescimento da…

Pinterest
Pesquisar