Fernando Pessoa                                                                                                                                                                                 Mais

Fernando Pessoa Mais

pin 223
heart 59
speech 1
Fernando Pessoa - Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.

Fernando Pessoa - Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.

pin 523
heart 156
Enquanto não atravessarmos a dor de nossa própria solidão, continuaremos a nos buscar em outras metades. Para viver a dois, antes, é necessário ser um.

Enquanto não atravessarmos a dor de nossa própria solidão, continuaremos a nos buscar em outras metades. Para viver a dois, antes, é necessário ser um.

pin 718
heart 319
"Não tentes ser bem sucedido, tenta antes ser um homem de valor. Albert Einstein".!...

"Não tentes ser bem sucedido, tenta antes ser um homem de valor. Albert Einstein".!...

pin 34
heart 11
às nove no meu blogue

às nove no meu blogue

pin 52
heart 25
Publicado no Resenhas à La Carte Fernando Pessoa foi um poeta, escritor, astrólogo, crítico e tradutor português, nascido em Lisboa. O poeta é tão renomeado que foi considerado um dos 26 melhores e…

Publicado no Resenhas à La Carte Fernando Pessoa foi um poeta, escritor, astrólogo, crítico e tradutor português, nascido em Lisboa. O poeta é tão renomeado que foi considerado um dos 26 melhores e…

pin 62
heart 16
Um bom dia com Carl Jung

Um bom dia com Carl Jung

pin 49
heart 38
(...) perdemos Connosco, cedo, cedo, O prazer do momento anteponhamos A absurda cura do futuro, cuja Certeza única é o mal presente Com que o seu bem compramos. Amanhã não existe. Meu somente É o momento.. (...) Ricardo Reis 16-3-1933 Odes de Ricardo Reis . Fernando Pessoa. (Notas de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1946 (imp.1994). - 151.

(...) perdemos Connosco, cedo, cedo, O prazer do momento anteponhamos A absurda cura do futuro, cuja Certeza única é o mal presente Com que o seu bem compramos. Amanhã não existe. Meu somente É o momento.. (...) Ricardo Reis 16-3-1933 Odes de Ricardo Reis . Fernando Pessoa. (Notas de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1946 (imp.1994). - 151.

pin 370
heart 122
Fernando Pessoa

Fernando Pessoa

pin 110
heart 25
Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo
Pesquisar