Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

"Esquecer uma mulher inteligente custa um número incalculavel de mulheres estúpidas." - Antônio Lobo Antunes

280
95

Fernando Pessoa Mais

27
9

Aprenda a preparar cinco drinques clássicos

Esta receita de Clericot de Frutas Vermelhas serve quatro pessoas. Serão necessários 500 g de frutas vermelhas (é possível utilizar morango, cereja, framboesa, amora, groselha, romã, uva), 1 cálice de licor maraschino, 1 cálice de Grand Marnier, 1 garrafa de vinho branco, gelo em cubos e água mineral gaseificada. Coloque as frutas numa poncheira ou jarra e regue com maraschino e Grand Marnier. Deixe em repouso por 30 minutos. Fonte: "Copos de Bar & Mesa" (Ed. Senac SP) Thinkstock

347
55

Todos os Sonhos

Fernando Pessoa (1888-1935) foi um poeta, filósofo e escritor português. A frase é o início do poema Tabacaria, escrito em 1928. E lindo. “Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser…

46
20

"Não tentes ser bem sucedido, tenta antes ser um homem de valor. Albert Einstein".!...

15
7
Por que escrever (ou: o escritor brasileiro, esse chato)

Por que escrever (ou: o escritor brasileiro, esse chato)

102
31

Com uma gama de histórias reais de superação, perseverança e coragem, O Lado Bom mostra como as adversidades podem se tornar um catalisador para o sucesso. Todo problema ou infortúnio tem um lado bom. Parece inacreditável, mas às vezes perder o emprego, sofrer um acidente ou contrair uma doença pode desencadear um crescimento imprescindível, seja pessoal ou profissional. Longe de ser uma exceção, o mundo está cheio de empresários, atletas, escritores e artistas que creditam seu sucesso…

Escritor cria série de poemas sobre os signos do zodíaco – e você vai amar o seu!

Signos + poesia só podia resultar em muito amor

7
1

Do mesmo autor de "O Caçador de pipas", esse livro é uma verdadeira lição de vida, mostra superação, coragem e acima de tudo a força do desejo de mudança... de buscar algo melhor e mudar a sua forma de vida.

466
126

Machado de Assis em 1890, no Rio de Janeiro, fotografado por Marc Ferrez. Bruxo do Cosme Velho. Homem do subterrâneo. Um mestre na periferia do capitalismo. São muitos os modos de se refererir a Machado de Assis. Negro pobre em 1800 no Rio de Janeiro, Poliglota! Embranqueceram ele em algumas propagandas e imagens por aí, como naquele comercial comédia da Caixa Econômica... Que inclusive teve que ser refeita depois. Joaquim Maria Machado de Assis, Salve

149
25