A arqueologia da São Paulo Oitocentista: Paranapiacaba

A arqueologia da São Paulo Oitocentista: Paranapiacaba

Livros e subversão: seis estudos

Livros e subversão: seis estudos

Coletânea “Livros e subversão: seis estudos” reúne artigos produzidos pelo Grupo de Pesquisa Censura a Livros e Ditadura Militar no Brasil, da USP

Coletânea “Livros e subversão: seis estudos” reúne artigos produzidos pelo Grupo de Pesquisa Censura a Livros e Ditadura Militar no Brasil, da USP

O Evangelho dos Loucos

O Evangelho dos Loucos

Vila do Desespero

Vila do Desespero

Nelson Cruz ilustrou o conto "O Edifício"

Nelson Cruz ilustrou o conto "O Edifício"

"Pensando Alto Aqui" de Pedro Reis, apresenta pouco mais de 200 reflexões convidando o leitor a refletir e abrir uma porta para a revisão pessoal de valores

"Pensando Alto Aqui" de Pedro Reis, apresenta pouco mais de 200 reflexões convidando o leitor a refletir e abrir uma porta para a revisão pessoal de valores

Nelson Cruz é autor de vinte e dois livros - entre eles, cinco receberam prêmios Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro | Divulgação

Nelson Cruz é autor de vinte e dois livros - entre eles, cinco receberam prêmios Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro | Divulgação

Foto da Academia dos Rebeldes, novembro de 1936, reproduzida do livro O Intelectual Feiticeiro. Da esquerda para a direita (em pé):Aydano do Couto Ferraz e Alves Ribeiro; (sentados) Azevedo Marques, João Cordeiro, Edison Carneiro, Jorge Amado e Clóvis Amorim (foto: Acervo particular de Waldir Freitas Oliveira/autoria desconhecida)

Foto da Academia dos Rebeldes, novembro de 1936, reproduzida do livro O Intelectual Feiticeiro. Da esquerda para a direita (em pé):Aydano do Couto Ferraz e Alves Ribeiro; (sentados) Azevedo Marques, João Cordeiro, Edison Carneiro, Jorge Amado e Clóvis Amorim (foto: Acervo particular de Waldir Freitas Oliveira/autoria desconhecida)

Livro identifica a prática da feitiçaria como um contraponto das relações de parentesco. E um fator de fragmentação, que impede a unificação da sociedade (Foto:Marcello Casal Jr/Agência Brasil/Wikimedia Commons)

Livro identifica a prática da feitiçaria como um contraponto das relações de parentesco. E um fator de fragmentação, que impede a unificação da sociedade (Foto:Marcello Casal Jr/Agência Brasil/Wikimedia Commons)

Pinterest
Pesquisar