Isabela Costa

Isabela Costa

(...) a única verdade é que vivo. Sinceramente, eu vivo. Quem sou? Bem, isso já é demais(...) Clarice Lispector