Lianne Oliveira

Lianne Oliveira

Lianne Oliveira
More ideas from Lianne
Cachorro-quente de forno é uma delícia em qualquer ocasião (Foto: Daniela Meira/Globo)

Cachorro-quente de forno é uma delícia em qualquer ocasião (Foto: Daniela Meira/Globo)

A cozinha foi pensada para ser funcional e ao mesmo tempo um espaço para refeições mais rápidas ou então reunir amigos enquanto alguém cozinha. Para atender todas as necessidades foi criada uma grande bancada em U que além de ser prática para cozinhar com vários pontos de apoio também permite um contato próximo com que esta acompanhando ou então aguardando o preparo da refeição. Os tons claros dos acabamentos deixam a cozinha leve e clara

A cozinha foi pensada para ser funcional e ao mesmo tempo um espaço para refeições mais rápidas ou então reunir amigos enquanto alguém cozinha. Para atender todas as necessidades foi criada uma grande bancada em U que além de ser prática para cozinhar com vários pontos de apoio também permite um contato próximo com que esta acompanhando ou então aguardando o preparo da refeição. Os tons claros dos acabamentos deixam a cozinha leve e clara

O laranja foi escolhido para esta cozinha, projeto do escritório Arkitito. Os ladrilhos da parede, as bancadas da pia e de apoio e até as panelas expostas exploram tons da cor

O laranja foi escolhido para esta cozinha, projeto do escritório Arkitito. Os ladrilhos da parede, as bancadas da pia e de apoio e até as panelas expostas exploram tons da cor

Receita: salpicão de frango light | Minha Vida

Receita: salpicão de frango light | Minha Vida

Esta receita mega simples é para aqueles dias que tá tarde para o café da manhã e cedo para o almoço sabe?  Eu e Joaquim amamos e entrou para o nosso top salva vidas na cozinha! Coisa gostosa que é descobrir novas combinações não é? Aqui a crepioca ganhou milho + abobrinha na massa e ficou...

Esta receita mega simples é para aqueles dias que tá tarde para o café da manhã e cedo para o almoço sabe? Eu e Joaquim amamos e entrou para o nosso top salva vidas na cozinha! Coisa gostosa que é descobrir novas combinações não é? Aqui a crepioca ganhou milho + abobrinha na massa e ficou...

O que fazer com o velho móvel- bar que saiu de moda no século passado? Se ele for uma fofura – como esta peça da década de 1950 garimpada por Karina Vargas, dona do Estudio Gloria –, bem que merece uma reabilitação. O modelo de caviúna (1,10 m x 46 cm x 1,45 m*) foi repaginado com bambu nas portas, gavetas tingidas de tons adocicados e puxadores de louça. Por dentro, o azul realça a prateleira em meia-lua – embaixo dela ficavam as garrafas.

O que fazer com o velho móvel- bar que saiu de moda no século passado? Se ele for uma fofura – como esta peça da década de 1950 garimpada por Karina Vargas, dona do Estudio Gloria –, bem que merece uma reabilitação. O modelo de caviúna (1,10 m x 46 cm x 1,45 m*) foi repaginado com bambu nas portas, gavetas tingidas de tons adocicados e puxadores de louça. Por dentro, o azul realça a prateleira em meia-lua – embaixo dela ficavam as garrafas.

O que fazer com o velho móvel- bar que saiu de moda no século passado? Se ele for uma fofura – como esta peça da década de 1950 garimpada por Karina Vargas, dona do Estudio Gloria –, bem que merece uma reabilitação. O modelo de caviúna (1,10 m x 46 cm x 1,45 m*) foi repaginado com bambu nas portas, gavetas tingidas de tons adocicados e puxadores de louça. Por dentro, o azul realça a prateleira em meia-lua – embaixo dela ficavam as garrafas.

O que fazer com o velho móvel- bar que saiu de moda no século passado? Se ele for uma fofura – como esta peça da década de 1950 garimpada por Karina Vargas, dona do Estudio Gloria –, bem que merece uma reabilitação. O modelo de caviúna (1,10 m x 46 cm x 1,45 m*) foi repaginado com bambu nas portas, gavetas tingidas de tons adocicados e puxadores de louça. Por dentro, o azul realça a prateleira em meia-lua – embaixo dela ficavam as garrafas.