Dragão de Komodo

10 Pins143 Seguidores
Dragão de Komodo

Dragão de Komodo

O maior lagarto do mundo, um dragão-de-comodo, utiliza, seu olfato para encontrar a carniça. Seu olfato consegue sentir o cheiro de carniça até 7 km de distância.

O maior lagarto do mundo, um dragão-de-comodo, utiliza, seu olfato para encontrar a carniça. Seu olfato consegue sentir o cheiro de carniça até 7 km de distância.

O dragão de Komodo (Varanus Komodoensis) é o maior lagarto carnívoro do mundo e pode alcançar três metros. Esta espécie sobrevivente da pré-história é capaz de matar um cervo com sua cauda e devorar uma cabra inteira.

O dragão de Komodo (Varanus Komodoensis) é o maior lagarto carnívoro do mundo e pode alcançar três metros. Esta espécie sobrevivente da pré-história é capaz de matar um cervo com sua cauda e devorar uma cabra inteira.

Lagartos estão sob séria ameaça por causa de sua pele valorizada e seu valor como animais de estimação

Lagartos estão sob séria ameaça por causa de sua pele valorizada e seu valor como animais de estimação

Em Banguecoque realmente, esse quadro é aterrador.

Em Banguecoque realmente, esse quadro é aterrador.

DRAGÃO DO KOMODO VIRA BICHO DE ESTIMAÇÃO

DRAGÃO DO KOMODO VIRA BICHO DE ESTIMAÇÃO

Sim, os dragões de Komodo atacam e matam tudo o que se move à sua frente, inclusive seres humanos

Sim, os dragões de Komodo atacam e matam tudo o que se move à sua frente, inclusive seres humanos

Ele tem cara de mau, unhas que fariam inveja à bruxa má do leste e baba uma gosma viscosa repleta de bactérias tóxicas.

Ele tem cara de mau, unhas que fariam inveja à bruxa má do leste e baba uma gosma viscosa repleta de bactérias tóxicas.

Os dragões-de-Komodo são ovíparos, e cada fêmea geralmente coloca entre 15 a 35 ovos em ninhos feitos em buracos na areia. Apesar de não ser comum em situações normais, a fêmea de dragão-de-komodo pode se reproduzir sem a fecundação do macho - através de partenogênese. A fêmea pôe em média 30 ovos a incubação leva entre 6 e 9 semanas. Os filhotes ao nascer, podem ter até 25 cm e podem virar almoço até de outros dragões de komodo.

Os dragões-de-Komodo são ovíparos, e cada fêmea geralmente coloca entre 15 a 35 ovos em ninhos feitos em buracos na areia. Apesar de não ser comum em situações normais, a fêmea de dragão-de-komodo pode se reproduzir sem a fecundação do macho - através de partenogênese. A fêmea pôe em média 30 ovos a incubação leva entre 6 e 9 semanas. Os filhotes ao nascer, podem ter até 25 cm e podem virar almoço até de outros dragões de komodo.

Classe: Reptilia Ordem: Squamata Subordem: Sauria Família: Varanidae Gênero: Varanus Espécie: V. komodoensis  Vivem geralmente solitários, exceto em época de acasalamento e quando um deles está se alimentando sempre aparecem outros para "filar um jantar".

Classe: Reptilia Ordem: Squamata Subordem: Sauria Família: Varanidae Gênero: Varanus Espécie: V. komodoensis Vivem geralmente solitários, exceto em época de acasalamento e quando um deles está se alimentando sempre aparecem outros para "filar um jantar".

Pinterest
Pesquisar