Espaço Gourmet

No lar da família Espinheiro, o pai e os três filhos se esmeram diante do fogão. Nada mais justo que a casa deles, em Castanhal, PA, ganhasse um caprichado espaço gourmet. Texto Mônica Torres / Fotos Dudu Maroja / Reportagem visual Neto Porpino. http://casa.abril.com.br/materia/area-nos-fundos-da-casa-vira-espaco-gourmet-para-reunir-a-familia
7 Pins187 Seguidores
Para dar destaque à estrela do ambiente, o arquiteto propôs um revestimento marcante atrás do fogão. O modelo escolhido, normalmente usado em pisos, surpreendeu dona Nazaré. Projeto de Neto Porpino. Texto Mônica Torres / Fotos Dudu Maroja / Reportagem visual Neto Porpino http://casa.abril.com.br/materia/area-nos-fundos-da-casa-vira-espaco-gourmet-para-reunir-a-familia#1

Para dar destaque à estrela do ambiente, o arquiteto propôs um revestimento marcante atrás do fogão. O modelo escolhido, normalmente usado em pisos, surpreendeu dona Nazaré. Projeto de Neto Porpino.

Desenhada em formato de U, a bancada com tampo de granito são gabriel inclui pia, armários, lixeira embutida e amplo espaço para o trabalho dos cozinheiros. Granito: Marmoflex, R$ 2800. Projeto Neto Porpino. Texto Mônica Torres / Fotos Dudu Maroja / Reportagem visual Neto Porpino http://casa.abril.com.br/materia/area-nos-fundos-da-casa-vira-espaco-gourmet-para-reunir-a-familia#4

No lar da família Espinheiro, o pai e os três filhos se esmeram diante do fogão. Nada mais justo que a casa deles, em Castanhal, PA, ganhasse um caprichado espaço gourmet

A moradora quis aproveitar as banquetas que já tinha. A altura do novo balcão (94 cm) exigiu que os pés dos móveis fossem serrados. A troca dos assentos por tecido estampado arrematou a transformação. Projeto de Neto Porpino. Texto Mônica Torres / Fotos Dudu Maroja / Reportagem visual Neto Porpino http://casa.abril.com.br/materia/area-nos-fundos-da-casa-vira-espaco-gourmet-para-reunir-a-familia#5

A moradora quis aproveitar as banquetas que já tinha. A altura do novo balcão cm) exigiu que os pés dos móveis fossem serrados. A troca dos assentos por tecido estampado arrematou a transformação. Projeto de Neto Porpino.

“Algumas regras podem e devem ser quebradas, desde que respeitadas as especificações do produto – nesse caso, não havia restrição”, diz Neto Porpino. O elaborado desenho em preto e branco do porcelanato (Monalisa 45, 45 x 45 cm, da Star Golden. Estância Jesus, R$ 17 o m²) acabou conquistando a moradora. Proj. Neto Porpino / Texto Mônica Torres / Fotos Dudu Maroja / Reportagem visual Neto Porpino…

“Algumas regras podem e devem ser quebradas, desde que respeitadas as especificações do produto – nesse caso, não havia restrição”, diz Neto Porpino. O elaborado desenho em preto e branco do porcelanato (Monalisa 45, 45 x 45 cm, da Star Golden. Estância Jesus, R$ 17 o m²) acabou conquistando a moradora. Proj. Neto Porpino / Texto Mônica Torres / Fotos Dudu Maroja / Reportagem visual Neto Porpino…

Como contraponto ao painel vertical, duas prateleiras de 25 cm de profundidade foram alinhadas à coifa. De quebra, as peças comportam vasinhos com temperos e outros itens. Marcenaria: armários e prateleiras. Scoobe, R$ 4600. Projeto e Reportagem Visual Neto Porpino / Texto Mônica Torres / Fotos Dudu Maroja http://casa.abril.com.br/materia/area-nos-fundos-da-casa-vira-espaco-gourmet-para-reunir-a-familia#3

Como contraponto ao painel vertical, duas prateleiras de 25 cm de profundidade foram alinhadas à coifa. De quebra, as peças comportam vasinhos com temperos e outros itens. Marcenaria: armários e prateleiras. Scoobe. Projeto de Neto Porpino.

Além dos objetos coloridos, a parede no tom de madeira quebra o predomínio do preto e branco – placas de porcelanato (Forest Noce, 90 x 45 cm, da Via Rosa. Estância Jesus, R$ 118 o m²) se encarregam do visual. Essa superfície recebeu, ainda, três arandelas (Box, Itaicy Iluminação, R$ 67,20 cada) também alinhadas à coifa. Proj. e Report Visual Neto Porpino / Texto Mônica Torres / Fotos Dudu Maroja…

Área nos fundos da casa vira espaço gourmet para reunir a família

A parede (1) que separava a cozinha da área de refeições veio abaixo. Uma nova divisória (2) agora isola a lavanderia (3). Mãos-francesas substituíram os pilares (4) que sustentavam o telhado do anexo. Projeto e Reportagem Visual Neto Porpino. Texto Mônica Torres / Fotos Dudu Maroja http://casa.abril.com.br/materia/area-nos-fundos-da-casa-vira-espaco-gourmet-para-reunir-a-familia#7

A parede que separava a cozinha da área de refeições veio abaixo. Uma nova divisória agora isola a lavanderia Mãos-francesas substituíram os pilares que sustentavam o telhado do anexo. Projeto de Neto Porpino.


Mais ideias
Pinterest
Pesquisar