blog da Oficina

moda pra vida real: conteúdo de consultoria de estilo pra usar na prática e facilitar a vida, direto daqui ó --> http://www.oficinadeestilo.com.br/ #substituaconsumoporautoestima
465 Pins10.04k Followers
um compilado de regras com intenção de afinar nossas escolhas e melhorar a nossa relação com o tempo, com as nossas coisas, com o dinheiro e com os nossos desejos mais autênticos.

Substitua consumo por autoestima

um compilado de regras com intenção de afinar nossas escolhas e melhorar a nossa relação com o tempo, com as nossas coisas, com o dinheiro e com os nossos desejos mais autênticos.

um compilado de regras com intenção de afinar nossas escolhas e melhorar a nossa relação com o tempo, com as nossas coisas, com o dinheiro e com os nossos desejos mais autênticos.

Substitua consumo por autoestima

um compilado de regras com intenção de afinar nossas escolhas e melhorar a nossa relação com o tempo, com as nossas coisas, com o dinheiro e com os nossos desejos mais autênticos.

pra separar certeiro o que é consumo e o que é consumismo e “se vestir pra viver” (e não “viver pra se vestir”). e celebrar a abundância na prática, na real.

Substitua consumo por autoestima

pra separar certeiro o que é consumo e o que é consumismo e “se vestir pra viver” (e não “viver pra se vestir”). e celebrar a abundância na prática, na real.

Em vez de partir da moda, parte da nossa própria vontade -- e então a gente segue usufruindo das ideias que essa moda oferece pra gente, independente do tempo em que a gente vive, do que tá nas vitrines, do que vem sendo desfilado por grandes marcas.

COMO A GENTE USA A MODA

Em vez de partir da moda, parte da nossa própria vontade -- e então a gente segue usufruindo das ideias que essa moda oferece pra gente, independente do tempo em que a gente vive, do que tá nas vitrines, do que vem sendo desfilado por grandes marcas.

se você quer trabalhar com moda, seja chique... e ser chique não é ter a bolsa certa, mas a atitude certa!

SE VOCÊ QUER TRABALHAR COM MODA, SEJA CHIQUE!

Esse texto já começa com o disclaimer de não querer ser rígido ou imutável, de não terminar aqui (ou em si)!

BIBLIOTECA DE CONSULTORIA DE ESTILO

Esse texto já começa com o disclaimer de não querer ser rígido ou imutável, de não terminar aqui (ou em si)!

A gente curte prender a parte da frente, mais central, bem no meião da parte de baixo, e então deixar as laterais e a parte de trás soltinhas. <3

BLUSA UM POUCO PRESA UM POUCO SOLTA

A gente curte prender a parte da frente, mais central, bem no meião da parte de baixo, e então deixar as laterais e a parte de trás soltinhas. <3

Tá na nossa mão a responsabilidade de fazer crescer o uso do algodão orgânico na indústria da moda -- pra que a gente, como consumidora, possa ESCOLHER o melhor e assim criar a demanda. Só assim, a partir da 'querência' geral, é que há chance desse material popularizar de verdade e, por consequência, baratear um tantinho.

SOBRE O ALGODÃO ORGÂNICO

Tá na nossa mão a responsabilidade de fazer crescer o uso do algodão orgânico na indústria da moda -- pra que a gente, como consumidora, possa ESCOLHER o melhor e assim criar a demanda. Só assim, a partir da 'querência' geral, é que há chance desse material popularizar de verdade e, por consequência, baratear um tantinho.

O negócio não é "deixar de comprar na Zara", mas sim deixar de comprar em excesso, sem propósito. Se o orçamento só permite comprar no fast-fashion, então que se raciocine também essa compra: procurando qualidade, durabilidade, versatilidade -- e quase principalmente avaliando quantidades! A gente não precisa de tanta coisa, de qualquer que seja a proveniência dessas coisas.

CONSUMISMO É DIFERENTE DE CONSUMO

O negócio não é "deixar de comprar na Zara", mas sim deixar de comprar em excesso, sem propósito. Se o orçamento só permite comprar no fast-fashion, então que se raciocine também essa compra: procurando qualidade, durabilidade, versatilidade -- e quase principalmente avaliando quantidades! A gente não precisa de tanta coisa, de qualquer que seja a proveniência dessas coisas.

Tem esse ditado sueco que diz que "quem compra coisas de que não precisa ou que não usa está roubando de si mesmo". E consumir aleatoriamente, sem ter por quê definido, além de pouco inteligente é também bastante démodé (haha!).

PRA COMPRAR MENOS E MELHOR

Tem esse ditado sueco que diz que "quem compra coisas de que não precisa ou que não usa está roubando de si mesmo". E consumir aleatoriamente, sem ter por quê definido, além de pouco inteligente é também bastante démodé (haha!).

idéias que podem quebrar paradigmas e ajudar a rever comportamentos que atrapalham, que conduzem pro exercício da criatividade com o que se tem.

Como construir um guarda-roupa inteligente

idéias que podem quebrar paradigmas e ajudar a rever comportamentos que atrapalham, que conduzem pro exercício da criatividade com o que se tem.

Sem querer ser chatonas mas não é normal um vestido INTEIRO custar 15 dólares (preço justo é diferente de preço improvável!).

TER MENOS, MELHOR - E DE PERTO!

Sem querer ser chatonas mas não é normal um vestido INTEIRO custar 15 dólares (preço justo é diferente de preço improvável!).

Nosso compartilhamento de conteúdo não funciona no piloto automático, nem na superficialidade, nem "entre tarefas", nem "quando sobra tempo" (quando sobra, né?).

BASTIDORES DA NOSSA PRODUÇÃO DE CONTEÚDO

Nosso compartilhamento de conteúdo não funciona no piloto automático, nem na superficialidade, nem "entre tarefas", nem "quando sobra tempo" (quando sobra, né?).

O Enjoei é uma boa alternativa pra vender o que não serve pra gente, mas que ainda dá um caldo (alô encaminhamento responsável de descartes/excessos).

COMO VENDER DIREITINHO NO ENJOEI

O Enjoei é uma boa alternativa pra vender o que não serve pra gente, mas que ainda dá um caldo (alô encaminhamento responsável de descartes/excessos).

Um tempo cheio de complexidades esse nosso, em que a gente é conduzida a fazer escolhas (de vestir) pensando em roupa boa pra gente, pra outras pessoas, pro clima, pros animais e pro mundo.

O QUE É MELHOR: ALGODÃO OU POLIÉSTER?

Um tempo cheio de complexidades esse nosso, em que a gente é conduzida a fazer escolhas (de vestir) pensando em roupa boa pra gente, pra outras pessoas, pro clima, pros animais e pro mundo.

A gente vive um tempo em que roupa não depende mais de estação ou temporada pra funcionar: moda não é mais o movimento sazonal cheio de tendências que era antes.

A VIDA PODIA SER UMA GRANDE LIQUIDAÇÃO

A gente vive um tempo em que roupa não depende mais de estação ou temporada pra funcionar: moda não é mais o movimento sazonal cheio de tendências que era antes.

Pinterest
Search