1900 - Palacete da Marquesa de Itu, encomendado em 1889 ao escritório de Ramos de Azevedo. O projeto ficou a cargo do engenheiro Maximiliano Hehl, o mesmo que idealizou a Catedral da Sé. O financiamento ficou por conta do Banco União e o prédio foi construído no mesmo terreno em que a marquesa morava, junto à ferrovia Santos-Jundiaí, na rua Florêncio de Abreu, esquina com rua Mauá. Foto de Otto Rudolf Quaas. Acervo do Instituto Moreira Salles.

1900 - Palacete da Marquesa de Itu, encomendado em 1889 ao escritório de Ramos de Azevedo. O projeto ficou a cargo do engenheiro Maximiliano Hehl, o mesmo que idealizou a Catedral da Sé. O financiamento ficou por conta do Banco União e o prédio foi construído no mesmo terreno em que a marquesa morava, junto à ferrovia Santos-Jundiaí, na rua Florêncio de Abreu, esquina com rua Mauá. Foto de Otto Rudolf Quaas. Acervo do Instituto Moreira Salles.

Hotel de La Rotisserie Sporstman, onde se hospedavam ilustres, era uma dos três palacetes Prates, que adornavam o Parque do Anhangabaú, de estilos totalmente europeus. O Hotel em 1932, fazendo esquina com o antigo Viaduto do Chá. (SP)

Década de 30 - Esquina da rua Líbero Badaró com viaduto do Chá. Conhecido com o terceiro palacete Prates, demolido para ceder lugar ao edifício Matarazzo. Até os anos 30 abrigou a Rotisserie Sportmen.

Foto de 1921 da casa de Gabriela Dumont Villares que ficava na Avenida Paulista entre a Rua Minas Gerais e a Rua Augusta, projeto escritório Ramos de Azevedo

Foto de 1921 da casa de Gabriela Dumont Villares que ficava na Avenida Paulista entre a Rua Minas Gerais e a Rua Augusta, projeto escritório Ramos de Azevedo

Casa Das Rosas (texto1-2) Hoje, a Casa das Rosas abriga o que há de mais moderno no  que se refere a conceito de museus. Com interatividade do  público com as exposições, e com seu acervo digitalizado,  ela quebra as fronteiras entre as artes e a mídia.

Casa Das Rosas (texto1-2) Hoje, a Casa das Rosas abriga o que há de mais moderno no que se refere a conceito de museus. Com interatividade do público com as exposições, e com seu acervo digitalizado, ela quebra as fronteiras entre as artes e a mídia.

Edifício da UFPR em construção em 1912, com uma chácara ao fundo, onde hoje  é o Teatro Guaíra. Volk/Acervo Paulo José da Costa.

Grupo do Facebook: Antigamente em Curitiba

Edifício da UFPR em construção em 1912, com uma chácara ao fundo, onde hoje é o Teatro Guaíra. Volk/Acervo Paulo José da Costa.

Templos na paisagem de Curitiba | Nostalgia | Gazeta do Povo - Avenida Visconde de Guarapuava e a Igreja de Santa Terezinha, em 1950.

Templos na paisagem de Curitiba

Templos na paisagem de Curitiba | Nostalgia | Gazeta do Povo - Avenida Visconde de Guarapuava e a Igreja de Santa Terezinha, em 1950.

Hoje, Curitiba desfruta de um serviço de eletricidade fornecido pela estatal Copel. Na fotografia, vemos a usina termelétrica do Capanema, junto com milhares de metros cúbicos de lenha que a moviam. Esta usina ficava onde está hoje a Estação Rodoferroviária. A fotografia é de 1914.

Muda, Curitiba!

Hoje, Curitiba desfruta de um serviço de eletricidade fornecido pela estatal Copel. Na fotografia, vemos a usina termelétrica do Capanema, junto com milhares de metros cúbicos de lenha que a moviam. Esta usina ficava onde está hoje a Estação Rodoferroviária. A fotografia é de 1914.

Fotografia da Rua Comendador Araújo, publicada em revista de 1923. Em primeiro plano, o antigo Palacete de Ascânio Miró, projetado pelo engenheiro Candido Ferreira de Abreu e construído entre 1897 e 1898. A edificação, ainda existente, situa-se na esquina com a Rua Presidente Taunay e abriga atualmente uma agencia bancária.

Fotografia da Rua Comendador Araújo, publicada em revista de 1923. Em primeiro plano, o antigo Palacete de Ascânio Miró, projetado pelo engenheiro Candido Ferreira de Abreu e construído entre 1897 e 1898. A edificação, ainda existente, situa-se na esquina com a Rua Presidente Taunay e abriga atualmente uma agencia bancária.

Mansão da família Leão , vizinha ao Palacete dos Leões , na Av. João Gualberto. Colecionador paulista/Acervo Paulo José da Costa.

Grupo do Facebook: Antigamente em Curitiba

Mansão da família Leão , vizinha ao Palacete dos Leões , na Av. João Gualberto. Colecionador paulista/Acervo Paulo José da Costa.

Antigo Teatro Guayra, demolido em 1935, na Rua Nova, atual Dr. Muricy, após ser utilizado como prisão durante a revolução Federalista. Armin Henkel/Acervo Paulo José da Costa

Grupo do Facebook: Antigamente em Curitiba

Antigo Teatro Guayra, demolido em 1935, na Rua Nova, atual Dr. Muricy, após ser utilizado como prisão durante a revolução Federalista. Armin Henkel/Acervo Paulo José da Costa

Paulo José da Costa: A VILA ODETE, O ESPLENDOR DO CICLO ERVATEIRO EM CURITIBA

Paulo José da Costa: A VILA ODETE, O ESPLENDOR DO CICLO ERVATEIRO EM CURITIBA

1915. 36 anos após a visita da Redentora, as redondezas da Estação mostram-se urbanizadas. Em primeiro plano, a praça Eufrásio Correia. (Foto: Acervo Casa da Memória).

1915. 36 anos após a visita da Redentora, as redondezas da Estação mostram-se urbanizadas. Em primeiro plano, a praça Eufrásio Correia. (Foto: Acervo Casa da Memória).

Pinterest
Search