Explore Certas Situações, Tão Somente e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Embora hoje em dia se tente de todas as formas, as possíveis e as inimagináveis, provar o contrário, toda a história do Cristianismo nos conta que ele nunca privilegiou uma fé que se baseia única e tão somente em resultados. Confesso a vocês que passo por certas situações em que fico tentado a pensar dessa forma, mas logo me vem à mente inúmeras razões para não fazê-lo.

Embora hoje em dia se tente de todas as formas, as possíveis e as inimagináveis, provar o contrário, toda a história do Cristianismo nos conta que ele nunca privilegiou uma fé que se baseia única e tão somente em resultados. Confesso a vocês que passo por certas situações em que fico tentado a pensar dessa forma, mas logo me vem à mente inúmeras razões para não fazê-lo.

Nenhum outro nome III Se existe um fator que sempre me inculcou no evangelho foi a escolha de Pedro para ser um dos mais próximos discípulos de Jesus. Eu sempre me perguntei: por que logo Pedro? Seria porque não existia outro que tenha negado Jesus mais vezes do que ele? Seria pelo fato de não haver outro que fosse flagrado na contramão da história com mais frequência do que ele?

Nenhum outro nome III Se existe um fator que sempre me inculcou no evangelho foi a escolha de Pedro para ser um dos mais próximos discípulos de Jesus. Eu sempre me perguntei: por que logo Pedro? Seria porque não existia outro que tenha negado Jesus mais vezes do que ele? Seria pelo fato de não haver outro que fosse flagrado na contramão da história com mais frequência do que ele?

Votos insensatos I  Por que algumas pessoas fazem promessas inexequíveis e juram sobre perdas irreparáveis? Sinto-me à vontade para falar desse assunto, porque, em outras ocasiões, mesmo sendo protestante nato e hereditário, me manifestei contrário ao abandono total da prática da penitência em nossa tradição. Tenho para mim que fizemos o que antigamente se condenava metaforicamente dizendo: jogamos fora a água suja da banheira com a criança dentro.

Votos insensatos I Por que algumas pessoas fazem promessas inexequíveis e juram sobre perdas irreparáveis? Sinto-me à vontade para falar desse assunto, porque, em outras ocasiões, mesmo sendo protestante nato e hereditário, me manifestei contrário ao abandono total da prática da penitência em nossa tradição. Tenho para mim que fizemos o que antigamente se condenava metaforicamente dizendo: jogamos fora a água suja da banheira com a criança dentro.

O terceiro homem II Eu nunca gostei muito de ler a parábola do bom samaritano porque eu sei bem de que lado eu estou nela, e eu penso que vocês também saibam. Mas vamos ser condescendes hoje. Vamos ser humanos e admitir que o sacerdote e o levita tivessem que chegar ao seu destino com pressa. Eles teriam imaginado que alguém iria chegar logo em seguida e socorrer o ferido, como de fato aconteceu.

O terceiro homem II Eu nunca gostei muito de ler a parábola do bom samaritano porque eu sei bem de que lado eu estou nela, e eu penso que vocês também saibam. Mas vamos ser condescendes hoje. Vamos ser humanos e admitir que o sacerdote e o levita tivessem que chegar ao seu destino com pressa. Eles teriam imaginado que alguém iria chegar logo em seguida e socorrer o ferido, como de fato aconteceu.

Caminhadas Gonçalves Dias, o poeta, nos previne: “Viver é lutar.” E o russo Maiakovski é ainda mais radical quando registra: “Morrer não é difícil; o difícil é a vida e o seu ofício”. O profeta Isaías, por outro lado, nos fala daqueles cuja esperança está em Deus como vivendo uma venturosa caminhada: “caminham e não se fatigam”.

Caminhadas Gonçalves Dias, o poeta, nos previne: “Viver é lutar.” E o russo Maiakovski é ainda mais radical quando registra: “Morrer não é difícil; o difícil é a vida e o seu ofício”. O profeta Isaías, por outro lado, nos fala daqueles cuja esperança está em Deus como vivendo uma venturosa caminhada: “caminham e não se fatigam”.

Mas que dificuldade de dizer sim!  Quando visitei a cidade de Assis, na Itália, e as relíquias de São Francisco, um fato me marcou de modo negativo: o santo, que me parece mais próximo do amor de Jesus e da comunhão com a Natureza, usava instrumentos para se torturar, para fazer penitência.

Mas que dificuldade de dizer sim! Quando visitei a cidade de Assis, na Itália, e as relíquias de São Francisco, um fato me marcou de modo negativo: o santo, que me parece mais próximo do amor de Jesus e da comunhão com a Natureza, usava instrumentos para se torturar, para fazer penitência.

Desde muito cedo me foi incutida a responsabilidade sobre a salvação do próximo. Aqueles que têm uma ligação com uma igreja evangélica tradicional hão de se lembrar da obrigatoriedade de estar envolvido com a evangelização como meta primeira da igreja. Para mim que tenho raízes na Igreja Metodista, a determinação de Wesley aos seus pastores e paroquianos: “nada fazer senão salvar almas” soa tão alto como o martelo de meu pai batendo na sua velha bigorna. Quando interpretamos com seriedade…

Desde muito cedo me foi incutida a responsabilidade sobre a salvação do próximo. Aqueles que têm uma ligação com uma igreja evangélica tradicional hão de se lembrar da obrigatoriedade de estar envolvido com a evangelização como meta primeira da igreja. Para mim que tenho raízes na Igreja Metodista, a determinação de Wesley aos seus pastores e paroquianos: “nada fazer senão salvar almas” soa tão alto como o martelo de meu pai batendo na sua velha bigorna. Quando interpretamos com seriedade…

Páscoa é passagem Para os ancestrais dos primeiros israelitas, era passagem do inverno para a primavera, quando a exuberância da natureza assegurava o sustento dos rebanhos e das plantações. Tratava-se de um gesto de respeito supremo pela natureza e sua dinâmica.

Páscoa é passagem Para os ancestrais dos primeiros israelitas, era passagem do inverno para a primavera, quando a exuberância da natureza assegurava o sustento dos rebanhos e das plantações. Tratava-se de um gesto de respeito supremo pela natureza e sua dinâmica.

Amós Boiadeiro: O que é NOVO?A ideia de novidade se exprime no grego em dois termos diferentes: neos, que significa novo no tempo, jovem, sem maturidade; kainos, que quer dizer novo na sua natureza, qualitativamente melhor. Ambos são aplicados na Bíblia à realidade da salvação: a primeira ressalta o caráter de presença recente com relação ao passado, e a segunda, a mais frequentemente usada, descreve uma realidade totalmente diversa. O homem envelhece, mas em Deus, tudo se renova.

Amós Boiadeiro: O que é NOVO?A ideia de novidade se exprime no grego em dois termos diferentes: neos, que significa novo no tempo, jovem, sem maturidade; kainos, que quer dizer novo na sua natureza, qualitativamente melhor. Ambos são aplicados na Bíblia à realidade da salvação: a primeira ressalta o caráter de presença recente com relação ao passado, e a segunda, a mais frequentemente usada, descreve uma realidade totalmente diversa. O homem envelhece, mas em Deus, tudo se renova.

O que é MITO? I É curioso que toda a polêmica moderna em torno deste conceito já está encerrada na etimologia desta palavra grega, adaptada em todas as línguas civilizadas. O tema de mitós a saber, meudh/mudh significa lembrar-se, meditar, refletir. Por isso o termo aplica-se a qualquer opinião, ideia, razão, regra, proposta, consideração.

O que é MITO? I É curioso que toda a polêmica moderna em torno deste conceito já está encerrada na etimologia desta palavra grega, adaptada em todas as línguas civilizadas. O tema de mitós a saber, meudh/mudh significa lembrar-se, meditar, refletir. Por isso o termo aplica-se a qualquer opinião, ideia, razão, regra, proposta, consideração.

Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo
Pesquisar