Explore Ser, Visita e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Cartago, Tunísia. Foi uma colónia fenícia com extrema importância no Golfo de Tunis. Dominou o Mediterrâneo durante o primeiro milénio antes de Cristo, mas foi destruída durante a 3ª Guerra Púnica. Proibida a visita por estar em degradação.

Cartago, Tunísia. Foi uma colónia fenícia com extrema importância no Golfo de Tunis. Dominou o Mediterrâneo durante o primeiro milénio antes de Cristo, mas foi destruída durante a 3ª Guerra Púnica. Proibida a visita por estar em degradação.

Bam, Irão. Esta estrutura de adobe acolheu a Rota da Seda durante dois milénios. A cidade foi abalada por um terramoto em 2003: a população ficou reduzida a 10% da anterior. Proibida a visita por estar em degradação.

UNESCO. 18 lugares que ninguém pode visitar

Bam, Irão. Esta estrutura de adobe acolheu a Rota da Seda durante dois milénios. A cidade foi abalada por um terramoto em 2003: a população ficou reduzida a 10% da anterior. Proibida a visita por estar em degradação.

Fortaleza de Saladino, Síria. É um dos castelos mais bem preservados do tempos da Cruzada. Foi erguido entre os séculos XII e XIII pela Ordem de São João de Jerusalém. A guerra afasta os turistas do local.

UNESCO. 18 lugares que ninguém pode visitar

Fortaleza de Saladino, Síria. É um dos castelos mais bem preservados do tempos da Cruzada. Foi erguido entre os séculos XII e XIII pela Ordem de São João de Jerusalém. A guerra afasta os turistas do local.

Egito

Egito

Mosteiro Ortodoxo de Santa Catarina, Egito. É uma homenagem à transfiguração de Jesus Cristo que se fica no sopé do monte Sinai. Até há bem pouco tempo foi o mosteiro cristão mais antigo em uso. Agora que está mais vulnerável e degradado, a UNESCO desaconselha o turismo nesta zona.

UNESCO. 18 lugares que ninguém pode visitar

Mosteiro Ortodoxo de Santa Catarina, Egito. É uma homenagem à transfiguração de Jesus Cristo que se fica no sopé do monte Sinai. Até há bem pouco tempo foi o mosteiro cristão mais antigo em uso. Agora que está mais vulnerável e degradado, a UNESCO desaconselha o turismo nesta zona.

Outono em Praga

The 10 Best European Cities to Visit in Autumn

Outono em Praga

Depressão de Danakil, Etiópia. Depois de uma erupção vulcânica em 1926, o lago encheu-se de ácido e de cores, resultantes dos iões originários do enxofre e do potássio. Por motivos de segurança, este lugar não pode ser visitado.

UNESCO. 18 lugares que ninguém pode visitar

Depressão de Danakil, Etiópia. Depois de uma erupção vulcânica em 1926, o lago encheu-se de ácido e de cores, resultantes dos iões originários do enxofre e do potássio. Por motivos de segurança, este lugar não pode ser visitado.

Samarra, Iraque. O monumento central da cidade é um minarete em espiral. Foi uma das cidades com maior presença e cultura islâmica. O risco de atentados é enorme.

UNESCO. 18 lugares que ninguém pode visitar

Samarra, Iraque. O monumento central da cidade é um minarete em espiral. Foi uma das cidades com maior presença e cultura islâmica. O risco de atentados é enorme.

Timbuktu, Mali. Começou a cresceu como ponto de passagem para as caravanas de sal das minas do Saara. Agora, a areia está a engolir a cidade e, por isso, a UNESCO desaconselha as viagens.

UNESCO. 18 lugares que ninguém pode visitar

Timbuktu, Mali. Começou a cresceu como ponto de passagem para as caravanas de sal das minas do Saara. Agora, a areia está a engolir a cidade e, por isso, a UNESCO desaconselha as viagens.

Yemen | Big Views | weilandslidingdoors.com

Yemen | Big Views | weilandslidingdoors.com

Pinterest
Pesquisar