Explore 15 Anos, Ems e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Adriano de Souza: em 2002, aos 15 anos, tornou-se o mais jovem campeão de uma competição profissional, vencendo uma etapa do SuperSurf, do Circuito Brasileiro. Em 2004 conquistou o Mundial Júnior na Austrália e em 2005 foi o recordista de pontos no WQS, fato que o credenciou para a elite do esporte.

Adriano de Souza: em 2002, aos 15 anos, tornou-se o mais jovem campeão de uma competição profissional, vencendo uma etapa do SuperSurf, do Circuito Brasileiro. Em 2004 conquistou o Mundial Júnior na Austrália e em 2005 foi o recordista de pontos no WQS, fato que o credenciou para a elite do esporte.

Yane Marques: Começou a carreira como nadadora. Descoberta sua vocação para o pentlato, na primeira competição que participou já foi campeã de uma etapa do campeonato nacional, em Porto Alegre. Em 2006, venceu o Campeonato Sul-americano e, em 2007, conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos, ambos realizados no Rio de Janeiro. Esse último fato a tornou conhecida nacionalmente, devido ao feito alcançado ser em um esporte pouco conhecido pelo público brasileiro.

Yane Marques: Começou a carreira como nadadora. Descoberta sua vocação para o pentlato, na primeira competição que participou já foi campeã de uma etapa do campeonato nacional, em Porto Alegre. Em 2006, venceu o Campeonato Sul-americano e, em 2007, conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos, ambos realizados no Rio de Janeiro. Esse último fato a tornou conhecida nacionalmente, devido ao feito alcançado ser em um esporte pouco conhecido pelo público brasileiro.

Gabriel Medina torna-se o primeiro brasileiro campeão mundial de surfe

Gabriel Medina torna-se o primeiro brasileiro campeão mundial de surfe

Após eliminação de Mick Fanning, Gabriel Medina conquista título de campeão mundial de surfe - o primeiro brasileiro a conseguir o feito

Clodoaldo conheceu a natação como processo de reabilitação no ano de 1996, em Natal. Quatro anos depois, já conquistava suas primeiras medalhas em Jogos Paraolímpicos (três de prata e uma de bronze).Nós Jogos Paralímpicos de Atenas 2004, Conquistou (6 de Ouro e 1 de Bronze) sendo o Brasileiro Recordista de Medalhas de ouro em 1 Paraolimpiadas Nas quatro Paraolimpíadas que disputou, Clodoaldo acumula treze medalhas, sendo seis de ouro.

Clodoaldo conheceu a natação como processo de reabilitação no ano de 1996, em Natal. Quatro anos depois, já conquistava suas primeiras medalhas em Jogos Paraolímpicos (três de prata e uma de bronze).Nós Jogos Paralímpicos de Atenas 2004, Conquistou (6 de Ouro e 1 de Bronze) sendo o Brasileiro Recordista de Medalhas de ouro em 1 Paraolimpiadas Nas quatro Paraolimpíadas que disputou, Clodoaldo acumula treze medalhas, sendo seis de ouro.

Miguel Pupo mergulha no mar cristalino do Taiti (Foto: Reprodução Facebook)

Eliminado em Teahupoo, Miguel Pupo posta foto debaixo de mar cristalino

Miguel Pupo mergulha no mar cristalino do Taiti (Foto: Reprodução Facebook)

Wanderley Cordeiro de Lima - Bicampeão da maratona nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg 1999 e Santo Domingo 2003, Wanderley Cordeiro responde por uma das trajetórias mais heroicas da história recente da Olimpíada. Em Atenas 2004, foi agredido em plena disputa por um fanático religioso, mas se recompôs e cruzou a linha de chegada a tempo de levar o bronze.

Veja 20 mitos do esporte que despontaram no Pan

Wanderley Cordeiro de Lima - Bicampeão da maratona nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg 1999 e Santo Domingo 2003, Wanderley Cordeiro responde por uma das trajetórias mais heroicas da história recente da Olimpíada. Em Atenas 2004, foi agredido em plena disputa por um fanático religioso, mas se recompôs e cruzou a linha de chegada a tempo de levar o bronze.

César Augusto Cielo Filho, nadador brasileiro campeão olímpico dos 50 metros livre nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008, onde também conquistou uma medalha de bronze nos 100 metros livres, campeão mundial dos 100 metros livres em Roma 2009, e bicampeão mundial dos 50 metros livres em Roma 2009 e Xangai 2011, recordista mundial de ambas as provas. Ganhou três medalhas de ouro e uma medalha de prata nos Jogos Panamericanos de 2007, no Rio de Janeiro e bronze em Londres.

César Augusto Cielo Filho, nadador brasileiro campeão olímpico dos 50 metros livre nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008, onde também conquistou uma medalha de bronze nos 100 metros livres, campeão mundial dos 100 metros livres em Roma 2009, e bicampeão mundial dos 50 metros livres em Roma 2009 e Xangai 2011, recordista mundial de ambas as provas. Ganhou três medalhas de ouro e uma medalha de prata nos Jogos Panamericanos de 2007, no Rio de Janeiro e bronze em Londres.

20 fotos mostram a rotina do novo campeão mundial de surfe, Adriano de Souza

20 fotos mostram a rotina do novo campeão mundial de surfe, Adriano de Souza

10 Anos,Rotina,Mundo,Surfers,World,10 Years

Xuxa é um dos grandes nomes da natação do Brasil. Natural de Florianópolis, medalhista olímpico (2 bronzes, um em 1996, na Olimpíada de Atlanta e outro em 2000, Sidney) e campeão mundial nos 100m livre no Mundial de Natação em 1993, conquistou 7 medalhas de ouro dos Jogos Panamericanos . Hoje Fernando Scherer é comentarista de natação na Rede Record e empresário. Sócio da Hammerhead (empresa de roupas e material para natação), tem um projeto pelo qual patrocina mais de 2000 crianças no país.

Xuxa é um dos grandes nomes da natação do Brasil. Natural de Florianópolis, medalhista olímpico (2 bronzes, um em 1996, na Olimpíada de Atlanta e outro em 2000, Sidney) e campeão mundial nos 100m livre no Mundial de Natação em 1993, conquistou 7 medalhas de ouro dos Jogos Panamericanos . Hoje Fernando Scherer é comentarista de natação na Rede Record e empresário. Sócio da Hammerhead (empresa de roupas e material para natação), tem um projeto pelo qual patrocina mais de 2000 crianças no país.

Daiane dos Santos decola de costas. Já no ar, gira o corpo de modo a ficar de frente para sua trajetória de vôo. Continua subindo. Perto de atingir o ponto mais alto, quando sua cabeça chega a 2,80 metros do solo – quase a altura de uma cesta de basquete –, ela rodopia num salto-mortal com o corpo reto, como se fosse uma hélice cujo eixo passasse pelo abdômen. Já está na descendente quando repete o giro. O efeito lembra o filme Matrix, com os truques virtuais se materializando no mundo real.

Poucas e Boas

Daiane dos Santos decola de costas. Já no ar, gira o corpo de modo a ficar de frente para sua trajetória de vôo. Continua subindo. Perto de atingir o ponto mais alto, quando sua cabeça chega a 2,80 metros do solo – quase a altura de uma cesta de basquete –, ela rodopia num salto-mortal com o corpo reto, como se fosse uma hélice cujo eixo passasse pelo abdômen. Já está na descendente quando repete o giro. O efeito lembra o filme Matrix, com os truques virtuais se materializando no mundo real.

Pinterest
Pesquisar