Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore Da Gastrite, Olhar Da e muito mais!

Receita de óleo de cravo-da-índia: para combater micose de unha e frieira | Cura pela Natureza.com.br

Gastrite - Fatores agravantes para o sofredor da doença: Tudo que aumenta a abrasividade do estômago pode ser considerado substancia agravante: alimentos gordurosos, frituras, ácidos, condimentos, pesados ou que fermentam causando o estufamento, açúcar em geral. Cigarro e bebida gasosa ou alcoólica. ​Café não provoca gastrite, mas, contribui para o aumento da abrasividade do estômago, ou seja, coloca mais lenha no fogueira e colabora para manter o fogo aceso. ​​

Gastrite - Fatores emocionais e as Doenças. Dentre os fatores responsáveis pelo surgimento, curso e evolução das doenças, os fatores emocionais destacam-se como um dos mais relevantes, fatores tais como decorrentes dos relacionamentos interpessoais, estresses sociais e estrutura da personalidade (RAMOS, 1994).

Segurança e diluição são indissociáveis. Um bom exemplo, para evitar o risco de alergia da pele, o óleo essencial de Cravo (bud) deve ser utilizado em baixa porcentagem 0,5%, o óleo essencial de Manjericão Santo (Holy Basil) em até 1%. Para evitar o risco de fototoxicidade, o óleo essencial de Limão não deve ser usado mais do que 2%, enquanto o óleo de Grapefruit poderá ser diluído em até 4%. Saber como calcular diluições é crucial para a prática segura de aromaterapia. Dizer…

Lavanda - prolonga a alegria no coração e acalma as angustias da alma.

Aproximadamente 25% da população adulta apresenta sintomas abdominais, frequentes ou ocasionais, que afetam a qualidade de vida. Muitas destas pessoas são mulheres. Não se sabe exatamente o que causa a dispepsia, mas os fatores psicossociais desempenham um papel importante.

Emoções -"As emoções alteram o metabolismo, a oxigenação do cérebro, a pressão arterial, os batimentos cardíacos, o nível de açúcar no corpo, a libido, entre outras coisas. Por isso, podem ser causadoras de doenças cardiovasculares, respiratórias e gastrintestinais", acredita Esdras Guerreiro Vasconcellos, presidente do Instituto Paulista de Estresse e Psiconeuroimunologia e professor da disciplina nas pós-graduações da PUC-SP e da USP.