Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore Volante Aberta, Arquiteto Austríaco e muito mais!

A vida é uma festa, já dizia Hemingway. E assim também faz o arquiteto austríaco Lukas Galehr na pizzaria “Disco Volante”, aberta em Viena. Para tanto, Lukas deu um ar descolado ao fogão à lenha, que mais lembra uma bola de discoteca e, acredite, também gira! A ideia era trazer os clientes de volta à era “Italo-Disco”, dos anos 1970 e 1980.

A vida é uma festa, já dizia Hemingway. E assim também faz o arquiteto austríaco Lukas Galehr na pizzaria “Disco Volante”, aberta em Viena. Para tanto, Lukas deu um ar descolado ao fogão à lenha, que mais lembra uma bola de discoteca e, acredite, também gira! A ideia era trazer os clientes de volta à era “Italo-Disco”, dos anos 1970 e 1980.

A vida é uma festa, já dizia Hemingway. E assim também faz o arquiteto austríaco Lukas Galehr na pizzaria “Disco Volante”, aberta em Viena. Para tanto, Lukas deu um ar descolado ao fogão à lenha, que mais lembra uma bola de discoteca e, acredite, também gira! A ideia era trazer os clientes de volta à era “Italo-Disco”, dos anos 1970 e 1980.

A vida é uma festa, já dizia Hemingway. E assim também faz o arquiteto austríaco Lukas Galehr na pizzaria “Disco Volante”, aberta em Viena. Para tanto, Lukas deu um ar descolado ao fogão à lenha, que mais lembra uma bola de discoteca e, acredite, também gira! A ideia era trazer os clientes de volta à era “Italo-Disco”, dos anos 1970 e 1980.

A vida é uma festa, já dizia Hemingway. E assim também faz o arquiteto austríaco Lukas Galehr na pizzaria “Disco Volante”, aberta em Viena. Para tanto, Lukas deu um ar descolado ao fogão à lenha, que mais lembra uma bola de discoteca e, acredite, também gira! A ideia era trazer os clientes de volta à era “Italo-Disco”, dos anos 1970 e 1980.

A vida é uma festa, já dizia Hemingway. E assim também faz o arquiteto austríaco Lukas Galehr na pizzaria “Disco Volante”, aberta em Viena. Para tanto, Lukas deu um ar descolado ao fogão à lenha, que mais lembra uma bola de discoteca e, acredite, também gira! A ideia era trazer os clientes de volta à era “Italo-Disco”, dos anos 1970 e 1980.

A vida é uma festa, já dizia Hemingway. E assim também faz o arquiteto austríaco Lukas Galehr na pizzaria “Disco Volante”, aberta em Viena. Para tanto, Lukas deu um ar descolado ao fogão à lenha, que mais lembra uma bola de discoteca e, acredite, também gira! A ideia era trazer os clientes de volta à era “Italo-Disco”, dos anos 1970 e 1980.

A vida é uma festa, já dizia Hemingway. E assim também faz o arquiteto austríaco Lukas Galehr na pizzaria “Disco Volante”, aberta em Viena. Para tanto, Lukas deu um ar descolado ao fogão à lenha, que mais lembra uma bola de discoteca e, acredite, também gira! A ideia era trazer os clientes de volta à era “Italo-Disco”, dos anos 1970 e 1980.

A vida é uma festa, já dizia Hemingway. E assim também faz o arquiteto austríaco Lukas Galehr na pizzaria “Disco Volante”, aberta em Viena. Para tanto, Lukas deu um ar descolado ao fogão à lenha, que mais lembra uma bola de discoteca e, acredite, também gira! A ideia era trazer os clientes de volta à era “Italo-Disco”, dos anos 1970 e 1980.

A vida é uma festa, já dizia Hemingway. E assim também faz o arquiteto austríaco Lukas Galehr na pizzaria “Disco Volante”, aberta em Viena. Para tanto, Lukas deu um ar descolado ao fogão à lenha, que mais lembra uma bola de discoteca e, acredite, também gira! A ideia era trazer os clientes de volta à era “Italo-Disco”, dos anos 1970 e 1980.