Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore Grossas, Fatias e muito mais!

Acho que hoje eu finalmente comecei a acertar a batata doce (opção restrita à manutenção). Cozinhei com casca até o garfo confirmar que a batata já estava começando a ficar macia, cortei em fatias bem grossas nem finas, temperei com sal grosso e páprica e coloquei no grill com dois sprays do PAM (devidamente liberado pela minha nutricionista). Gostoso, mas dá para melhorar. Vamos em frente, fazendo mais testes.

Feliz de volta à minha cozinha: robalo no vapor com mais uma tentativa de acertar a batata doce (manutenção). Dessa vez, cozinhei até começar a amolecer, cortei em rodelas (que da próxima vez serão mais finas) e coloquei no forno pré-aquecido com sal, um pouco de adoçante e páprica, além de uns sprays de Pan (que minha nutri me liberou, tem sempre que checar).

Left overs: não tinha mais 220g de pescada amarela, então botei um pedacinho de badejo; não tinha mais 90g de shitake, então completei com purê de abóbora. Not bad!

Guarnição transformada num belíssimo molho de tomate para comer com camarão - perfeito porque acompanha o arroz da transição.

Hoje ficou demaaaais! Camarão com gengibre, alho porró e tomate pellati. Delícia.

VG com cebola roxa e açafrão + arroz 7 cereais e dois purês: abóbora e couve-flor. Manu.

Simplezinho, PF de inspiração praiana: camarão com arroz 7 cereais, feijão e brócolis japonês (este, receita da clínica).

Camarão com tomatinhos, alho porró e mais um monte de temperinhos. Meus pratos podem não ser os mais bonitos (ainda!), mas estão cada dia mais gostosos ;)