Explore Pessoas Negras, Pessoas Importantes e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Faleceu em 24 de agosto de 1882 e foi sepultado no Cemitério da Consolação, na presença de 3.000 pessoas numa São Paulo de 40.000 habitantes. O poeta Raul Pompéia (1863-1895) imortalizou Luiz Gama e seus feitos escrevendo na ocasião:

Faleceu em 24 de agosto de 1882 e foi sepultado no Cemitério da Consolação, na presença de 3.000 pessoas numa São Paulo de 40.000 habitantes. O poeta Raul Pompéia (1863-1895) imortalizou Luiz Gama e seus feitos escrevendo na ocasião:

O líder abolicionista e ex-escravo brasileiro Luiz Gama, numa imagem por volta de 1880. retrato de Militão Augusto de Azevedo.  Luís Gama (Salvador/BA, 1830 — São Paulo/S1P, 1882)   Mil oitocentos e trinta, o dia 21 de junho deste ano parecia ter sido um dia como outro qualquer na Baía de todos os Santos. O dia do nascimento do filho de uma quitandeira africana livre (uma iorubana da Costa da Mina) com um fidalgo de origem portuguesa.   Na verdade, a mãe, Luísa Mahin, figura coberta de…

O líder abolicionista e ex-escravo brasileiro Luiz Gama, numa imagem por volta de 1880. retrato de Militão Augusto de Azevedo. Luís Gama (Salvador/BA, 1830 — São Paulo/S1P, 1882) Mil oitocentos e trinta, o dia 21 de junho deste ano parecia ter sido um dia como outro qualquer na Baía de todos os Santos. O dia do nascimento do filho de uma quitandeira africana livre (uma iorubana da Costa da Mina) com um fidalgo de origem portuguesa. Na verdade, a mãe, Luísa Mahin, figura coberta de…

17 pessoas negras da História que você não viu na escola

17 pessoas negras da História que você não viu na escola

Há 81 anos, Antonieta da Barros se tornava a primeira mulher negra a conquistar um mandato popular no Brasil. A professora, jornalista, feminista quase apagada dos livros de História, agora ganha um filme seu.

Você conhece a história da primeira deputada negra do Brasil

Há 81 anos, Antonieta da Barros se tornava a primeira mulher negra a conquistar um mandato popular no Brasil. A professora, jornalista, feminista quase apagada dos livros de História, agora ganha um filme seu.

Luiz Gama advogado dos escravos - Sem nunca ter frequentado uma universidade, Luiz Gama acabou se tornando um dos maiores advogados do Brasil. Em 1869 estreou nos tribunais de São Paulo, lutando ao lado dos escravos em nome da liberdade.

Luiz Gama advogado dos escravos - Sem nunca ter frequentado uma universidade, Luiz Gama acabou se tornando um dos maiores advogados do Brasil. Em 1869 estreou nos tribunais de São Paulo, lutando ao lado dos escravos em nome da liberdade.

Falar de consciência negra  Não é coisa tão banal É um jeito diferente De se questionar Não queremos troféu Só que saia do papel Leis que protegem a gente

Falar de consciência negra Não é coisa tão banal É um jeito diferente De se questionar Não queremos troféu Só que saia do papel Leis que protegem a gente

Pinterest
Pesquisar