Explore Ópera, África e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Opera Mundi - Sudão do Sul permite que soldados estuprem mulheres como salário, diz ONU

Opera Mundi - Sudão do Sul permite que soldados estuprem mulheres como salário, diz ONU

Com quem Raj deve ficar em 'Caminho das Índias': Maya ou Duda?

Com quem Raj deve ficar em 'Caminho das Índias': Maya ou Duda?

Raj (Rodrigo Lombardi) está casado com Maya (Juliana Paes) e diz que está construindo um amor com a mulher. Só que, vira e mexe, ele tem flashback com Duda...

As opções de vestidos de festas para gordinhas são cada vez mais e ajudam a mulher a valorizar o seu corpo, a mostrar os pontos fortes e a disfarçar as peq

Vestidos de Festa para Gordinhas

As opções de vestidos de festas para gordinhas são cada vez mais e ajudam a mulher a valorizar o seu corpo, a mostrar os pontos fortes e a disfarçar as peq

A situação dos Direitos Humanos no Sudão do Sul, país no leste da África, é "uma das mais espantosas" do mundo, declarou nesta sexta-feira (11) a Organização das Nações Unidas (ONU), que afirma em um relatório que o governo permite que combatentes "estuprem mulheres como forma de salário", segundo a France Presse.

Sudão do Sul deixa soldado estuprar mulheres como salário, diz ONU

A situação dos Direitos Humanos no Sudão do Sul, país no leste da África, é "uma das mais espantosas" do mundo, declarou nesta sexta-feira (11) a Organização das Nações Unidas (ONU), que afirma em um relatório que o governo permite que combatentes "estuprem mulheres como forma de salário", segundo a France Presse.

Soldados do Exército do Sudão do Sul patrulham a cidade de Bentiu, no Sudão do Sul, em junho (Foto: AP Photo/Jason Patinkin)

Sudão do Sul chega aos 4 anos de independência em crise humanitária

Soldados do Exército do Sudão do Sul patrulham a cidade de Bentiu, no Sudão do Sul, em junho (Foto: AP Photo/Jason Patinkin)

"É hora das mulheres liderarem acordos de paz", diz Annick Cojean - autora francesa que cobriu queda de Kadafi. Jornalista do 'Le Monde', Cojean dedicou sua cobertura da Primavera Árabe na Líbia para denunciar o estupro e as violações de direitos das mulheres.

"É hora das mulheres liderarem acordos de paz", diz Annick Cojean - autora francesa que cobriu queda de Kadafi. Jornalista do 'Le Monde', Cojean dedicou sua cobertura da Primavera Árabe na Líbia para denunciar o estupro e as violações de direitos das mulheres.

O que é hoje o Sudão do Sul era parte do Sudão Anglo-Egípcio e tornou-se parte da República do Sudão, quando ocorreu a independência deste em 1956. Após a Primeira Guerra Civil Sudanesa, o sul do Sudão tornou-se uma região autônoma em 1972. Esta autonomia durou até 1983. A Segunda Guerra Civil Sudanesa desenvolvida anos depois, resultou novamente na autonomia da região, através do Tratado de Naivasha, assinado em 9 de janeiro de 2005 no Quênia, com o Exército Popular de Libertação do Sudão.

O que é hoje o Sudão do Sul era parte do Sudão Anglo-Egípcio e tornou-se parte da República do Sudão, quando ocorreu a independência deste em 1956. Após a Primeira Guerra Civil Sudanesa, o sul do Sudão tornou-se uma região autônoma em 1972. Esta autonomia durou até 1983. A Segunda Guerra Civil Sudanesa desenvolvida anos depois, resultou novamente na autonomia da região, através do Tratado de Naivasha, assinado em 9 de janeiro de 2005 no Quênia, com o Exército Popular de Libertação do Sudão.

Pinterest
Pesquisar