Explore Tempo, Cultura e muito mais!

a proposta do ciclo é abordar obras filosóficas e literárias marcantes da cultura ocidental e estabelecer vínculos com temáticas do cotidiano. definir uma obra como “clássica” é um exercício ambíguo, pois ao mesmo tempo em que a referência a obras canônicas é elucidativa e produz um reconhecimento quase que imediato da envergadura dos autores e títulos, há a questão que a precede: por que elas tornaram-se referentes do modo de pensar, de explicar e de problematizar seu tempo e…

a proposta do ciclo é abordar obras filosóficas e literárias marcantes da cultura ocidental e estabelecer vínculos com temáticas do cotidiano. definir uma obra como “clássica” é um exercício ambíguo, pois ao mesmo tempo em que a referência a obras canônicas é elucidativa e produz um reconhecimento quase que imediato da envergadura dos autores e títulos, há a questão que a precede: por que elas tornaram-se referentes do modo de pensar, de explicar e de problematizar seu tempo e…

a clínica psicanalítica é o reflexo – o espelho – da cultura, no sentido de que chegam ao psicanalistas as demandas relativas ao sofrimento que a eles lhe são endereçados, trazendo consigo o cerne das questões que envolvem não apenas o sujeito e o seu mundo, mas o sujeito no mundo. há uma relação intrínseca entre inconsciente, subjetividade e cultura, donde se parte do principio de que tanto a constituição subjetiva quanto as mudanças subjetivas se dão em um campo de alteridade...

a clínica psicanalítica é o reflexo – o espelho – da cultura, no sentido de que chegam ao psicanalistas as demandas relativas ao sofrimento que a eles lhe são endereçados, trazendo consigo o cerne das questões que envolvem não apenas o sujeito e o seu mundo, mas o sujeito no mundo. há uma relação intrínseca entre inconsciente, subjetividade e cultura, donde se parte do principio de que tanto a constituição subjetiva quanto as mudanças subjetivas se dão em um campo de alteridade...

Seguindo a via aberta por Christian Dunker em seu novo livro, trata-se de como a lógica do condomínio impõe-se enquanto modelo de produção social de afetos. Veremos como ela só pode ser compreendida no interior da elevação do medo a afeto social fundamental, seguindo com isto uma tradição que remonta a Hobbes. Veremos ainda como tal articulação pode nos dizer muito sobre as formas de sofrimento social em terras nacionais.

Seguindo a via aberta por Christian Dunker em seu novo livro, trata-se de como a lógica do condomínio impõe-se enquanto modelo de produção social de afetos. Veremos como ela só pode ser compreendida no interior da elevação do medo a afeto social fundamental, seguindo com isto uma tradição que remonta a Hobbes. Veremos ainda como tal articulação pode nos dizer muito sobre as formas de sofrimento social em terras nacionais.

os desafios da educação brasileira: em direção a uma educação viva e contemporânea  com viviane mosé, filósofa e psicanalista, comentarista da rádio cbn  a palestra faz parte do módulo: os desafios da educação

os desafios da educação brasileira: em direção a uma educação viva e contemporânea com viviane mosé, filósofa e psicanalista, comentarista da rádio cbn a palestra faz parte do módulo: os desafios da educação

O futuro só depende de você! : Conferências do Estoril 2011 - Mia Couto

O futuro só depende de você! : Conferências do Estoril 2011 - Mia Couto

Ex-usuária de drogas luta para recuperar filho entregue para adoção - Notícias - R7 Minas Gerais

Ex-usuária de drogas luta para recuperar filho entregue para adoção - Notícias - R7 Minas Gerais

Capitalismo - Uma História de Amor PT-BR Completo

Capitalismo - Uma História de Amor PT-BR Completo

Spinoza | Por Darío Sztajnszrajber - YouTube

Spinoza | Por Darío Sztajnszrajber - YouTube

O Mundo Amanhã: Comunista X Sionista

O Mundo Amanhã: Comunista X Sionista

No começo, raça era apenas nação: um grupo humano que percorre a sua própria trajetória no firmamento do tempo. o mito contemporâneo da raça configurou-se há apenas dois séculos, com o “racismo científico”. o seu paradigma é a busca da pureza, sob pretexto de estar buscando a célula primeira: ele opera pela separação dos corpos e das descendências. incorporado ao mundo da política, serviu para a perpetuação de privilégios e hoje, fantasiado de multiculturalismo, é ferramenta para a ...

No começo, raça era apenas nação: um grupo humano que percorre a sua própria trajetória no firmamento do tempo. o mito contemporâneo da raça configurou-se há apenas dois séculos, com o “racismo científico”. o seu paradigma é a busca da pureza, sob pretexto de estar buscando a célula primeira: ele opera pela separação dos corpos e das descendências. incorporado ao mundo da política, serviu para a perpetuação de privilégios e hoje, fantasiado de multiculturalismo, é ferramenta para a ...

Pinterest
Pesquisar