Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore Linguagem De, Zíbia Gasparetto e muito mais!

Ninguém é de ninguém — Zíbia Gasparetto

Mesmo que seja um sonho, mesmo que seja uma ilusão, se existe dentro de você, é porque é para você. — Zíbia Gasparetto

Amanhã a Deus Pertence, O - Lucius (espirito), livro espírita - ISBN 8577220087

Neste novo livro psicografado por Zíbia Gaspareto, o espírito de Lucius mostra que o tempo certo é aquele em que as coisas acontecem e o amanhã a Deus pertence. Mais uma lição de amor e esperança que você não pode deixar de ler.

"A gratidão é um sentimento de amor que eleva o espírito e nos une a Deus. É o reconhecimento do imenso amor com que ele nos cerca e a certeza de que tudo é possível quando sob sua proteção, esforçamo-nos para fazer a parte que nos cabe na realização dos nossos sonhos de progresso!..." (zíbia gasparetto)

Baixar Livro O advogado de Deus – Zíbia Gasparetto PDF MOBI LER ONLINE

"Quando estiver com um problema e não souber o que fazer, pense em Deus, entregue nas mãos Dele. Tudo se resolverá." — Zíbia Gasparetto

O bem é a linguagem da alma, é a linguagem de Deus. — Zíbia Gasparetto

"Brilhem sempre iluminadas por Deus! O carisma é a expressão da alma. Quando a alma fala, sua essência espiritual e divina se manifesta, e a pessoa brilha, conquista, aparece. É nela que reside sua força e poder. Negá-la é preferir a obscuridade". (Zíbia Gasparetto)

Se sentir inseguro é sinal de estar colocando nosso poder no mundo, nas coisas ou nas pessoas. É passar o poder de Deus para essas coisas. É falta de fé. Achando-se racional ou lógico desta maneira. Calar a mente e deixar falar o coração é a fórmula mágica que nos liga ao espiritual e a Deus. (Zíbia Gasparetto)

"A vida é sábia e sempre faz o melhor. A vida é Deus. Quando não acontece nada, é porque o melhor será não fazer nada. Quantas vezes a nossa precipitação tem dificultado nossa vida? É preciso confiar. Saber que quando algo precisa acontecer, está maduro o suficiente, ninguém conseguirá deter. Acontece apesar de nós, através de nós, ou até sem a nossa intervenção!..." (zíbia gasparetto)