Explore Teu Quarto, Quarto Antes e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Guarda-me Que o tempo Não é capaz de apagar de ti Desses versos Que a gente escrevia Nos troncos das árvores E não se apagaram Como aqueles que a gente Escreveu a giz. Guarda-me Como se eu fosse uma canção Que ecoa em teus ouvidos No silêncio do teu quarto Antes de dormir Guarda-me Como te guardo ___Em mim…  _ Como se eu fosse um verso De amor ((Sirlei L. Passolongo ))

Guarda-me Que o tempo Não é capaz de apagar de ti Desses versos Que a gente escrevia Nos troncos das árvores E não se apagaram Como aqueles que a gente Escreveu a giz. Guarda-me Como se eu fosse uma canção Que ecoa em teus ouvidos No silêncio do teu quarto Antes de dormir Guarda-me Como te guardo ___Em mim… _ Como se eu fosse um verso De amor ((Sirlei L. Passolongo ))

"O amor percorre territórios devastados da alma com a calma necessária para reflorestar um a um. Dissolve neblinas. Revela o sol. Destece máscaras. Reinaugura a humildade. Faz ventar. Faz chorar... Faz sorrir!..."  ((Ana Jácomo))

"O amor percorre territórios devastados da alma com a calma necessária para reflorestar um a um. Dissolve neblinas. Revela o sol. Destece máscaras. Reinaugura a humildade. Faz ventar. Faz chorar... Faz sorrir!..." ((Ana Jácomo))

Pinterest
Pesquisar