Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore Campanhas, Catraca Livre e muito mais!

de Catraca Livre

Programa de preservação quer impedir extinção de animais "estranhos"

Quando se fala em preservação de animais em extinção, as imagens mais comuns são a de Pandas e outros bichos “bonitinhos”. Não é comum ver campanhas que promovam, por exemplo, a defesa da Salamandra gigante da China.

de BuzzFeed Community

Community Post: 25 Animals Who Think They're People

put your paws in da air like your a bear

de viajeaqui.abril.com.br

Fotos de animais ameaçados de extinção - parte 2

Limitado a florestas entre 500 e 1.500 metros de altitude, o ocapi (Okapia johnstoni) pertence à família da girafa. Sua alimentação é composta de mais 100 espécies de plantas, mas, apesar dessa variedade, o desmatamento – realizado por madeireiras e ocupações humanas (algumas ilegais, dentro de áreas protegidas) – colocou a espécie na lista vermelha de animais ameaçados de extinção. Em 24 anos houve uma redução de 50% na população da espécie. Status na IUCN (União Internacional para a…

de Meio Ambiente

Conheça animais ameaçados de extinção no planeta

Predadores e destruição do habitat põem em risco a espécie de iguana da Jamaica ("Cyclura collei")

Foto: Aaron MartinTambém conhecidos como uacari-de-cara-vermelha, ainda sabe-se pouco a respeito dessa espécie ameaçada de extinção que vive em florestas inundadas da Amazônia. A face, as orelhas e a genitália são desprovidas de pelos, e quando ameaçado ou irritado, sua face fica mais avermelhada.

Animais em risco de extinção do Rio Grande do Sul

A lista de animais que já passaram pela Terra é enorme. Nos últimos 250 anos, muitos bichos sumiram do mapa graças à ação de predadores ou à caça. Conheça agora alguns destes animais - que você provavelmente nunca mais verá vivos. http://super.abril.com.br/galerias-fotos/conheca-15-animais-foram-extintos-ultimos-250-anos-692346.shtml

de viajeaqui.abril.com.br

Fotos: 13 animais extintos que podem voltar à vida

Arau-gigante (Pinguinus impennis) Anteriormente o arau-gigante podia ser encontrado em todo o litoral do Atlântico Norte. As aves, semelhante aos modernos pinguins, haviam perdido o voo durante a evolução e eram excelentes nadadoras. A caça por suas penas, carne, óleo e gordura levou a espécie à extinção. O último arau-gigante vivo foi visto em 1852. Hoje existem mais de 70 exemplares em museus, além de ovos, que podem ser utilizados para retirada de material genético