Explore Marilene Azevedo, Quem Sabe e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Hipostático! Que verbo Irei  te agregar?  Amar? Conquistar? Rejeitar? Ou quem sabe Espezinhar?  Ironia Misturar  Pois só Deus Pode acumular!  Filosofia de princípios Realidades divinas Aprender e meditar! Marilene Azevedo

Hipostático! Que verbo Irei te agregar? Amar? Conquistar? Rejeitar? Ou quem sabe Espezinhar? Ironia Misturar Pois só Deus Pode acumular! Filosofia de princípios Realidades divinas Aprender e meditar! Marilene Azevedo

Prato para bolo ecorativo. R$ 90,00

Prato Bolo Tucano

Prato para bolo ecorativo. R$ 90,00

Brindes Artesanais - Aves Brasileiras

Brindes Artesanais - Aves Brasileiras

di-cavalcanti–pintor-modernista-brasileiro

di-cavalcanti–pintor-modernista-brasileiro

MIRIA CROCHÊS E PINTURAS: BARRADOS DE CROCHÊ COM OBJETOS

MIRIA CROCHÊS E PINTURAS: BARRADOS DE CROCHÊ COM OBJETOS

Epítome De minha vida Que já deixei Toda escrita Para que possas Lembrar! Marilene Azevedo

Epítome De minha vida Que já deixei Toda escrita Para que possas Lembrar! Marilene Azevedo

PSIQUE!  Ininteligível Indecifrável Oculto Obscuro!  Não posso falar Nem contar Explicar!  Que dizer! Se nem mesmo sei! Estranho! Viver!  Conter!  Agita! Açoita! Doe!  Machuca! Fendas abertas A sangrar..Chorar!  Psique ..Revolto Desconhecido! Temido! Meu amigo! Vive comigo! Marilene Azevedo

PSIQUE! Ininteligível Indecifrável Oculto Obscuro! Não posso falar Nem contar Explicar! Que dizer! Se nem mesmo sei! Estranho! Viver! Conter! Agita! Açoita! Doe! Machuca! Fendas abertas A sangrar..Chorar! Psique ..Revolto Desconhecido! Temido! Meu amigo! Vive comigo! Marilene Azevedo

Discípulo Aprendiz!  Não diz! Imita! Profere! Grita!  Embuçar Não mostrar Realidade  Oculta  Rasteja Sofrida Visão Demonstrada Pelo fulgor Do olhar! Marilene Azevedo

Discípulo Aprendiz! Não diz! Imita! Profere! Grita! Embuçar Não mostrar Realidade Oculta Rasteja Sofrida Visão Demonstrada Pelo fulgor Do olhar! Marilene Azevedo

Embala sonoramente Esse teu canto faceiro Chama! Vem cá ligeiro Que quero te acompanhar  Invade a janela e a alma Brinca ! Dança! Invade E acalma Nesse leve rodopiar  Suavemente carrega Os pensamentos pra longe Para onde   a vida se esconde E vem  para lhe provocar!  Não faça! Deixa essa outra Que esta a  dormir Embalada Não cante! Deixe-a  a sossegar  Siga  a sonoridade Tranquila e sem maldade Tranque a porta interior Para outra não despertar! Marilene Azevedo

Embala sonoramente Esse teu canto faceiro Chama! Vem cá ligeiro Que quero te acompanhar Invade a janela e a alma Brinca ! Dança! Invade E acalma Nesse leve rodopiar Suavemente carrega Os pensamentos pra longe Para onde a vida se esconde E vem para lhe provocar! Não faça! Deixa essa outra Que esta a dormir Embalada Não cante! Deixe-a a sossegar Siga a sonoridade Tranquila e sem maldade Tranque a porta interior Para outra não despertar! Marilene Azevedo

OUÇO! Ouço! Sussurros..Gemidos Pedidos de quero mais! Sinto o arrepio na pele Da sua mão ..Que de leve Desliza..Sem perguntar Ouço! O teu respirar. Sinto o tremor..Que carregas Nos braços ..Ao se revelar Ouço! gemido ..Rasgado Querendo s entregar Sinto a volúpia do beijo E o que nos move..É o desejo De mil vontades ..Saciar. Ouço! O som ritmado De corpos ..Sincronizados Na ânsia de se entregar Ouço! O respirar que se acalma De duas almas em festa No regozijo..De amar! Marilene Azevedo

OUÇO! Ouço! Sussurros..Gemidos Pedidos de quero mais! Sinto o arrepio na pele Da sua mão ..Que de leve Desliza..Sem perguntar Ouço! O teu respirar. Sinto o tremor..Que carregas Nos braços ..Ao se revelar Ouço! gemido ..Rasgado Querendo s entregar Sinto a volúpia do beijo E o que nos move..É o desejo De mil vontades ..Saciar. Ouço! O som ritmado De corpos ..Sincronizados Na ânsia de se entregar Ouço! O respirar que se acalma De duas almas em festa No regozijo..De amar! Marilene Azevedo

Pinterest
Pesquisar